HOME Matérias Seu hotel está tecnologicamente preparado para a alta temporada?

Seu hotel está tecnologicamente preparado para a alta temporada?

Executivo dá dicas para o melhor desempenho dos hotéis na alta temporada

147
0
SHARE
Cláudio Cordeiro é Diretor do segmento de Hospitalidade da TOTVS - Foto: divulgação

Artigo de Cláudio Cordeiro*

Tudo indica que o final do ano de 2019 será bastante atípico para o setor hoteleiro. As questões ambientais e climáticas que o Brasil está vivenciando apontam que a alta temporada deste ano pode transferir parte da demanda de turistas para destinos geralmente menos procurados, assim como uma possível queda no número de visitantes em algumas regiões do País.

O fato é que a alta temporada já está chegando e turistas brasileiros e estrangeiros devem viajar país adentro. O turismo no Brasil está apresentando um bom crescimento ao longo dos anos e movimentou R$ 236,2 bilhões em 2018, segundo dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Neste ano, entre janeiro e julho, o setor cresceu 3,2%, de acordo com dados divulgados pelo Ministério do Turismo.

Por conta disso, hotéis e pousadas de todos os tamanhos deverão se preparar, e muito, para acomodar milhões de turistas que circularão por todo o território nacional, com alguns destinos recebendo mais demanda do que o comum. Sendo assim, fica a pergunta: seu hotel está tecnologicamente preparado para a alta temporada?

Independentemente do tamanho e da região em que estão, hoje existem soluções – com baixo custo de investimento e implementação – que permitem que tanto as grandes redes, como também os pequenos hotéis e pousadas possam gerir com rapidez e eficácia todas as etapas que envolvem uma estadia. Veja três exemplos de plataformas que podem ser exploradas para acompanhar a demanda de fim de ano:

  • Conquistar hóspedes por meio de sites de reserva não é nenhuma novidade, mas já existe uma solução que faz a convergência de todas as centrais de reserva. Isso passa a ser muito importante para gestores de hotéis, já que o software possibilita, por exemplo, a integração das vendas, sejam elas por canais proprietários ou sites de reserva;
  • Aplicativos já são capazes de informar em tempo real a quantidade de quartos e camareiros disponíveis, para fazer remotamente a gestão de limpeza das acomodações. Quando pensamos em alta temporada, essa funcionalidade é ainda mais importante para gestão dos quartos, acompanhando o ritmo de rotatividade dos hóspedes;
  • Pensando em comodidade, é possível realizar pedidos de qualquer dependência do hotel pelo smartphone e entregar onde o cliente estiver, sejam produtos, itens básicos ou serviços. Até a venda de alimento e bebidas se torna mais ágil com essa tecnologia, e explorar a mobilidade pode ser o grande diferencial numa experiência hoteleira.

Sabendo dessas e outras novidades do mercado de TI para o segmento hoteleiro, ainda há tempo de identificar se o seu hotel está tecnologicamente preparado para os meses seguintes, seja para receber mais hóspedes do que o comum ou para ampliar seu potencial de atratividade para os clientes. Minha dica é, avalie e busque as soluções que certamente serão importantes nesta e nas demais épocas do ano, para que a experiência do seu hóspede seja inesquecível.

*Claudio Cordeiro é Diretor do segmento de Hospitality da TOTVS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image