Publicidade
APP – cabeçalho

Seu hotel está tecnologicamente preparado para a alta temporada?

Artigo de Cláudio Cordeiro*

Tudo indica que o final do ano de 2019 será bastante atípico para o setor hoteleiro. As questões ambientais e climáticas que o Brasil está vivenciando apontam que a alta temporada deste ano pode transferir parte da demanda de turistas para destinos geralmente menos procurados, assim como uma possível queda no número de visitantes em algumas regiões do País.

Publicidade
Harus

O fato é que a alta temporada já está chegando e turistas brasileiros e estrangeiros devem viajar país adentro. O turismo no Brasil está apresentando um bom crescimento ao longo dos anos e movimentou R$ 236,2 bilhões em 2018, segundo dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Neste ano, entre janeiro e julho, o setor cresceu 3,2%, de acordo com dados divulgados pelo Ministério do Turismo.

Publicidade
Continuum

Por conta disso, hotéis e pousadas de todos os tamanhos deverão se preparar, e muito, para acomodar milhões de turistas que circularão por todo o território nacional, com alguns destinos recebendo mais demanda do que o comum. Sendo assim, fica a pergunta: seu hotel está tecnologicamente preparado para a alta temporada?

Independentemente do tamanho e da região em que estão, hoje existem soluções – com baixo custo de investimento e implementação – que permitem que tanto as grandes redes, como também os pequenos hotéis e pousadas possam gerir com rapidez e eficácia todas as etapas que envolvem uma estadia. Veja três exemplos de plataformas que podem ser exploradas para acompanhar a demanda de fim de ano:

  • Conquistar hóspedes por meio de sites de reserva não é nenhuma novidade, mas já existe uma solução que faz a convergência de todas as centrais de reserva. Isso passa a ser muito importante para gestores de hotéis, já que o software possibilita, por exemplo, a integração das vendas, sejam elas por canais proprietários ou sites de reserva;
  • Aplicativos já são capazes de informar em tempo real a quantidade de quartos e camareiros disponíveis, para fazer remotamente a gestão de limpeza das acomodações. Quando pensamos em alta temporada, essa funcionalidade é ainda mais importante para gestão dos quartos, acompanhando o ritmo de rotatividade dos hóspedes;
  • Pensando em comodidade, é possível realizar pedidos de qualquer dependência do hotel pelo smartphone e entregar onde o cliente estiver, sejam produtos, itens básicos ou serviços. Até a venda de alimento e bebidas se torna mais ágil com essa tecnologia, e explorar a mobilidade pode ser o grande diferencial numa experiência hoteleira.
Publicidade
APP da Revista Hoteis

Sabendo dessas e outras novidades do mercado de TI para o segmento hoteleiro, ainda há tempo de identificar se o seu hotel está tecnologicamente preparado para os meses seguintes, seja para receber mais hóspedes do que o comum ou para ampliar seu potencial de atratividade para os clientes. Minha dica é, avalie e busque as soluções que certamente serão importantes nesta e nas demais épocas do ano, para que a experiência do seu hóspede seja inesquecível.

*Claudio Cordeiro é Diretor do segmento de Hospitality da TOTVS

Publicidade
RAP Engenharia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image