HOME Matérias Samba Hotéis fecha 2018 com faturamento de R$ 40 milhões

Samba Hotéis fecha 2018 com faturamento de R$ 40 milhões

196
0
SHARE
A rede, criada em 2014, possui 11 hotéis em operação e um com início previsto para abril deste ano

Registrando cinco novos empreendimentos inaugurados em 2018 (o Samba Belo Horizonte Centro, Samba Lagoa da Prata by Gilberto Silva, Samba Itu Hotel & Convention, Bossa Nova Beirute e o Samba Cabo Frio – com abertura prevista para abril de 2019), a rede mineira Samba Hotéis celebra o faturamento de R$ 40 milhões em 2018, quase dobrando o número registrado em 2017, de R$ 23 milhões, e está confiante no reaquecimento da economia este ano. “Apesar do cenário de crise de 2018, obtivemos ótimos resultados. Foram cinco novos hotéis, lançamos a bandeira Samba In The Box, composta por empreendimentos feitos em contêineres, participamos de feiras de hotelaria e turismo pela primeira vez, fizemos muitos contatos com empresários e estamos com diversas negociações”, explica o CEO da Samba Hotéis, Guilherme Castro.

A rede foi criada em 2014 e, hoje, possui 11 hotéis em operação e um com início previsto para abril deste ano. Para 2019, o CEO da Samba Hotéis prevê alcançar 20 unidades em seu portfólio, em localidades que vão do Sul ao Nordeste.

Apesar do cenário de crise de 2018, a rede obteve resultados satisfatórios em 2018

Samba In The Box

Projetados para serem confortáveis, econômicos e práticos, os hotéis Samba In The Box, de construção rápida e com custo de aproximadamente 65% menos que um hotel convencional, são a grande aposta da rede Samba Hotéis para o ano de 2019. “O valor aproximado para construir um Samba In The Box é de R$ 2 milhões e o prazo pode variar entre seis e oito meses, enquanto que, para uma propriedade convencional, a média é de 1,5 a três anos. Assim, o investidor já sai na frente com a possibilidade de começar o retorno financeiro ainda mais cedo”, afirma Fred Carvalho, CMO da rede.