GastronomiaÚltimas Notícias

Royal Tulip JP Ribeirão Preto firma parceria com vinícola Biagi

Propriedade oferece visita guiada, tem rótulos próprios e cardápio orgânico

O Royal Tulip JP Ribeirão Preto, bandeira do Louvre Hotels Group-Brazil, acaba de firmar parceria com a vinícola Biagi. O objetivo é unir o requinte e a variedade de lazer do resort a uma experiência gourmet, atraindo ‘enoturistas’, apreciadores de vinho. Com a parceria, o resort promoverá aos hóspedes uma visita guiada, na Fazenda Cravinhos, comandada pelo empresário Luiz Biagi.

Publicidade
Clima ao Vivo

Além de desfrutar dos 12 hectares das uvas Moscato Giallo, Nebbiolo e Sangiovese, cuja primeira safra da  vinícola foi em meados de 2022, o hóspede poderá fazer um passeio mais abrangente pela vinícola que inclui experiências em meio à natureza, nos diversos caminhos pensados detalhadamente para que os visitantes possam contemplar, vivenciar, fotografar e interagir com a paisagem local. “A parceria foi firmada pensando no hóspede que não abre mão da sofisticação e da excelência em hospedagem oferecidas pelo Royal e, ao mesmo tempo, queira explorar o universo do vinho, em uma imersão única na região. Para participar, oferecemos um pacote com duas diárias (sexta a domingo ou sábado a segunda) e translado hotel-vinícola-hotel. As visitas acontecem aos sábados, às 17h, com número limitado de participantes e agendamento prévio”, diz a Gerente comercial do Royal Tulip JP Ribeirão Preto, Luciana Marotta.

Royal Tulip JP Ribeirão Preto firma parceria com vinícola Biagi
Parceria reúne a variedade de lazer do resort a uma experiência gourmet – Divulgação
Publicidade
Desbravador

O empresário, Luiz Biagi explica que a princípio, a vinícola está trabalhando com dois rótulos de vinho, tinto seco, o Pietro (homenagem ao avô Pedro), e o branco seco, o Eugênia (homenagem a avó Eugênia – exclusivo da vinícola e cuja produção é comandada pela enóloga Isabela Peregrino. “Em breve, serão lançados também um Rosé e dois tintos, com 12 meses de barrica de Carvalho, americano e francês. Outro rótulo que já foi produzido de forma experimental é o Carina Biagi (homenagem à esposa do Luiz), um branco seco feito à base de Moscato Giallo. Na safra de 2025, esse rótulo também já será produzido para comercialização”.

Publicidade
Tramontina

Além da vinícola, Biagi também investiu em uma Osteria, uma ‘cozinha de Inspiração Italiana com “Alma brasileira’ que oferece um cardápio orgânico, preparado, especialmente, para harmonização com os vinhos da Casa: “A ideia é proporcionar uma experiência completa aos enoturistas. O cardápio é elaborado com produtos sempre frescos e selecionados pela chef Beatriz Nomelini, com o conceito de Farm to table – usar tudo que pode ser produzido na própria fazenda, respeitando sazonalidade e tipo. Valorizamos e agregamos produtos feitos na região e orgânicos sempre que possível”, conclui.

Publicidade
Anuncie conosco

Theo Bueno

Théo Bueno é Repórter da Revista Hotéis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA