HOME Matérias RevPar da Accor na América do Sul atinge 12,3% em 2018

RevPar da Accor na América do Sul atinge 12,3% em 2018

Com recorde em crescimento orgânico, o Grupo abriu globalmente 300 novos hotéis, garantindo um total de 4.780 hotéis, além de outros 1.118 em pipeline

303
2
SHARE
Patrick Mendes, CEO da Accor na América do Sul - Foto: Raiza Santos

A Accor na América do Sul conseguiu se recuperar fortemente no ano passado devido a retomada da atividade econômica no Brasil desde o último trimestre de 2017. O RevPar da região cresceu 12,3% e o EBTIDA cresceu 22,8%, se comparado ao ano anterior. “Abrimos 52 hotéis (7.840 quartos) na região, o que demonstra seu potencial de desenvolvimento, e assinamos 45 novos contratos, sendo 23 apenas no Brasil, que representarão novos seis mil quartos em nossa operação América do Sul”, explica Patrick Mendes, CEO Accor América do Sul.

Os resultados globais da Accor em 2018 refletem a transformação que o Grupo vem passando desde a criação da AccorInvest, a divisão real state da Accor, até as diversas aquisições. Essa ambição na indústria hoteleira ajudará a promover as marcas e ampliar a fidelidade dos clientes, além de otimizar a performance no médio prazo. Com um recorde em crescimento orgânico, o Grupo abriu globalmente 300 novos hotéis, garantindo um total de 4.780 hotéis (703 mil quartos), além de outros 1.118 em pipeline.

Cerca de 56% dos contratos assinados em 2018 são em países hispânicos, onde a Accor tem operações, o que demonstra coerência com o modelo adotado de criar uma sede em Santiago, capitaneada por Franck Pruvost, COO Accor Países Hispânicos, para ficar mais próximo destes países. “Temos uma liderança efetiva no Brasil e queremos ampliar nossa presença nos demais países. Vemos um potencial para as marcas midscale e de luxo, que já representam 44% dos novos contratos em toda região. Nossa reputação também está solidificada e 55% dos nossos parceiros de negócios são novos”, comenta Patrick.

A indústria do turismo já representa 9% dos empregos no mundo. Em 2018, cresceu 6% o número de viajantes internacionais que gastam, em média, 7% de seus recursos em viagem. “A demanda na região cresceu 5,7%, enquanto a oferta de quartos apenas 2%, demonstrando o potencial que precisamos atingir”, relata Mendes. “Globalmente, representamos 8% do network e pipeline da Accor na região, portanto, nossa meta é ampliar esse percentual nos próximos anos, com 500 hotéis abertos e outros 150 em pipeline até 2022 – nosso novo desafio estratégico”. Hoje, a empresa opera 375 hotéis na região (60 mil quartos), sendo 308 no Brasil (50 mil quartos) e 119 hotéis em pipeline.

Indústria do turismo já representa 9% dos empregos no mundo

Identidade visual e Programa de Fidelidade

Para refletir a meta de engajar os clientes e incorporar a natureza Premium do portfólio de marcas, a Accor lançou uma nova identidade visual, incluindo um novo logo corporativo. As duas marcas distintas, Accor e ALL, utilizarão o mesmo monograma do “A icônico”, que representa o selo da excelência do Grupo e funde a letra A com o Bernache, um emblema histórico da Accor.

Nova identidade visual da Accor

A Accor na América do Sul registrou um crescimento nos últimos quatro anos, tendo hoje 14 marcas do econômico ao luxo, com um portfólio de 11% em marcas de luxo, 25% em midscale e 64% em econômico. Foram abertos mais de 150 hotéis desde 2015, graças também a importantes aquisições de hotéis do portfólio de grupos como Posadas, BHG e Atton Hoteles. A aquisição da Atton foi fundamental para ampliar a presença e a liderança da Accor na América do Sul, propiciando também a ampliação da oferta aos clientes e associados do programa de relacionamento Le Club AccorHotels, que conta com mais de 3,8 milhões de associados só na América do Sul e deve chegar a mais de 4 milhões de associados na região em 2019.

Novo Programa de Fidelidade da Accor, que passa a se chamar ALL – Accor Live Limitless,

O programa, que passará a se chamar ALL – Accor Live Limitless, vai endereçar quatro apostas: introduzir novos status premium para reconhecer os membros mais fiéis; oferecer benefícios melhorados, de acordo com a estratégia de hospitalidade aumentada; experiência conectada ao redor do mundo para ganhar e queimar pontos em toda a gama de marcas e um novo aplicativo digital, que agrega valor ao trabalho, à vida e ao entretenimento; e parcerias que ancoram o ALL no dia a dia dos associados em entretenimento, restaurantes, culinária e esportes.

O ano de 2018 também trouxe diversas premiações ao Grupo, como pela 21ª vez uma das Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil – GPTW, além do Peru, Argentina e Chile. Através do programa de equidade de gênero, já conta com 50% de gerentes de hotéis mulheres e também foi reconhecido pelo GPTW como uma das melhores empresas na categoria Mulher.

Responsabilidade Socioambiental

O compromisso da Rede com a diversidade LGBTI também foi reconhecido em premiações por quatro entidades representativas: Selo de Direitos Humanos e Diversidade da Prefeitura de São Paulo, Câmara Turismo LGBT+ Brasil, Câmara Turismo LGBT+ Argentina e Prêmio Caio Sustentabilidade.

Também engajaram todos os hotéis no combate aos danos que o plástico vem causando ao meio ambiente, banindo os canudos plásticos dos hotéis na região e preparando para 2019 a substituição por produtos sustentáveis dos mexedores/agitadores, sacos de lavanderia, cotonetes e copos descartáveis.

O programa de reflorestamento Plant for the Planet plantou 50 mil árvores no Peru e no Brasil, graças ao apoio dos hóspedes que reutilizam suas toalhas, economizando na lavagem e, consequentemente, revertendo o dinheiro nos plantios localizados no Peru (Alto de Hayabamba, Amazônia peruana) e na Serra da Canastra (Minas Gerais, Brasil).

O ano de 2018 também marcou aquisições de importantes marcas internacionais, que poderão ser lançadas na região a partir de 2019. Entre elas:

Mantis: 50% do grupo sul africano de hospitalidade e conglomerado de viagem;

Ctrip: focado aos viajantes chineses; Movenpick Hotels & Resorts: 84 hotéis no Oriente Médio, Ásia e África; Mantra Group: 127 hotéis e resorts na Austrália;

SBE: 50% do grupo com 25 hotéis e 170 restaurantes/nightclubs;21cMuseum: 85% dos hotéis boutique.

Metas para 2019

Os objetivos são, entre outros, finalizar o rebranding dos hotéis adquiridos por meio das aquisições, sendo os 12 Atton em quatro países, maximizando as sinergias entre os produtos e serviços. Ampliar as ofertas de alimentos e bebidas em seus restaurantes é outra meta da região, que observou, desde 2015, um crescimento de 23% na receita de alimentos e bebidas e é o principal item de satisfação de clientes nas pesquisas internas (80% de satisfação). “Conceitos como o QCeviche, Trampolim Café, ibis Kitchen, Dagi, Gourmet Bar e Udon serão adicionados aos conceitos internacionais mais disruptivos que adquirimos com SBE, como Katsuya, Cleo, The Baazar, Umami Burger, entre outros”, define Mendes.

Antenada nas necessidades dos consumidores, a Accor também vai ampliar seus espaços de coworking. A rede ibis já oferece serviço semelhante, inclusive para quem não está hospedado, podendo utilizar a infraestrutura do hotel para realizar seus negócios e reuniões nas áreas sociais, com o diferencial de estar aberto 24 horas, sete dias por semana. Algumas unidades oferecem refil de café por R$ 10 durante todo período de uso do espaço. “Em 2017, a Accor lançou na Europa uma marca de coworking, a Nextdoor, que espera ter mais de 80 espaços até 2022, com boas expectativas para ser lançada na nossa região também nas principais capitais dos países”, diz o CEO.

Outra aposta para 2019 será a ampliação do modelo de franquia tanto para o segmento econômico quanto midscale, crescer a presença com marcas lifestyle e luxo, além de criar expertise em residenciais e resorts, uma tendência que o Grupo tem observado nos empreendimentos. “Uma das novidades é a nova marca lifestyle, Tribe, um conceito remodelado de hotel que permite que os clientes vivam, trabalhem e se divirtam em ambientes contemporâneos.

Tribe foi projetada para atrair investidores através de um produto que garante retornos financeiros superiores, graças a melhor percepção do cliente com base em espaços e serviços econômicos”, anuncia Patrick. Tribe atualmente consiste em um endereço a poucos passos do Jardim Botânico de Kings Park, em Perth, na Austrália, e outras dez aberturas já estão programadas até 2022 na Europa e Ásia, totalizando mais de 1.700 quartos.

Trampolim Café da Accor

Informações por países

Argentina

Em 2018, a Accor lançou em Buenos Aires dois importantes projetos: o Sofitel Buenos Aires e o MGallery Palladio. Para 2019, prevê a abertura do primeiro ibis Styles no país, além do Mercure Salta. Hoje, conta com 11 hotéis em operação e mais de 500 colaboradores.

Bolívia

Na Bolívia, assinou o Swissotel Santa Cruz com 138 quartos, além do ibis La Paz, de 100 quartos. O ibis e Novotel Santa Cruz ainda estão em construção.

Chile

O principal sucesso foi a aquisição da Atton, posicionando-nos como a cadeia de hotéis número um no Chile, e a assinatura dos dois primeiros contratos de franquia no país, com o ibis Chillan e o ibis budget Concepción. Além da abertura dos dois principais hotéis Novotel, em Providencia, Santiago e em Viña del Mar, também assinou o primeiro contrato para a marca Mama Shelter nos países hispânicos, além de outros oito futuros novos hotéis. São agora 22 hotéis em operação e 700 colaboradores.

Colômbia

A Accor abriu quatro hotéis na Colômbia e assinou outros quatro projetos, entre eles um projeto de luxo no país e um ibis budget na cidade de Bogotá. O Grupo procura crescer através de alianças estratégicas com os participantes do setor e com os parceiros. Quer expandir, também, contratos de franquia, especialmente em cidades secundárias, e e introduzir novas marcas do portfólio no país, especialmente no segmento lifestyle. São 17 hotéis em operação, nove em pipeline, e 700 colaboradores.

Equador

Abriu o primeiro ibis em Quito e também assinou o primeiro ibis Styles no país, em Guayaquil, com mais de 200 quartos. Hoje, tem três hotéis operando no Equador, outros dois em construção e cerca de 200 colaboradores.

Peru

O país ganhou seus primeiros hotéis Pullman graças a conversão das bandeiras dos hotéis Atton, além de adicionar um ibis budget e um MGallery em Lima ao portfólio. A Accor abriu dois hotéis e assinou outros quatro novos contratos. Conta com oito hotéis no Peru em operação, 300 colaboradores diretos e outros dez contratos em pipeline.

Uruguai

O Grupo iniciou a construção do MGallery Montevideo, somado à inauguração do ibis Styles Montevideo, o primeiro da marca no país. A meta é ampliar projetos em Montevidéu e Punta del Este, somando aos quatro hotéis que opera hoje, com 150 colaboradores, e outros dois em pipeline.

2 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image