Publicidade
Retomada do turismo

Pesquisa aponta preferência dos viajantes pelas reservas digitais

A CWT – empresa de gestão de viagens B2B4E (Business to Business for Employees), na sua mais recente pesquisa, mostra que 69% dos viajantes corporativos de todo o mundo preferem comprar suas passagens aéreas digitalmente ao invés de recorrer a um atendimento pessoal e humano. Isso vale para reservas de hotéis (78%), transporte terrestre (71%) e check-in para voos (68%). Entretanto, os viajantes são mais receptivos no momento do check-in (46%) e check-out nos hotéis (51%).

Andrew Jordan, Head Global de Produtos e Tecnologia da CWT, comentou o resultado: “As interações digitais estão crescendo, e a indústria de viagens deve continuar evoluindo para oferecer às empresas e seus funcionários a experiência que eles desejam e esperam”.

Publicidade
Unilever

De um modo geral, os viajantes da Ásia-Pacífico são os mais propensos a preferir a tecnologia ao contato pessoal. Dos entrevistados, 73% preferem reservar seus voos digitalmente, contra 71% dos viajantes das Américas e 61% dos europeus. Enquanto isso, 84% dos viajantes dos países da Ásia-Pacífico preferem reservar hotéis por meios digitais, contra 77% dos viajantes das Américas e 70% dos europeus. Para os viajantes brasileiros, a preferência pela tecnologia para reservas de voos é de 79%, superando a média nas Américas e nos Estados Unidos (71%).

Publicidade
Harus

No quesito check-in para voos, os viajantes das Américas preferem os meios digitais ao contato humano: 73% disseram preferir as soluções tecnológicas, contra 66% dos europeus e 65% dos viajantes da Ásia-Pacífico. No Brasil, 76% preferem utilizar a tecnologia para o check-in em companhias aéreas.

A pesquisa da CWT também mostra que uma porcentagem significativa de viagens ainda é reservada pelo computador – 45% em 2019, contra 53% em 2018 e 52% há dois anos. Mas os smartphones estão se aproximando: 41% em 2019, ante 34% no ano passado e 32 % em 2017. Os tablets ocupam o terceiro lugar, com 11%.

Os dados revelam, ainda, que os viajantes europeus estão mais inclinados a reservar suas viagens em um desktop ou laptop (55%), seguido por viajantes das Américas (49%) e da Ásia-Pacífico (36%). No Brasil, 47% dos viajantes preferem reservar as viagens pelo desktop ou laptop – em 2018 e 2017, essa preferência era de 50%. A reserva por celular pelos viajantes brasileiros é feita por 45% – eram 44%, em 2018, e 42%, em 2017.

Por outro lado, 53% dos viajantes na região Ásia-Pacífico preferem reservar viagens em seus smartphones, em comparação com 40% dos viajantes das Américas e apenas 26% dos europeus. Os viajantes europeus são os mais propensos a usar seus tablets (16%).

Quando questionados sobre como eles preferem lidar com imprevistos ou alterações, 33% dos viajantes dizem que usar um aplicativo para dispositivos móveis é a maneira mais eficaz de fazer isso – 37% dos viajantes da Ásia-Pacífico optariam por esse tipo de recurso, contra 31% dos viajantes das Américas e 30% dos europeus.

Erinaldo Silveira, diretor de Produtos e Tecnologia para as Américas da CWT, afirmou que a empresa está preparada para atender as necessidades dos viajantes com soluções especialmente desenvolvidas para atender todos os perfis revelados pela pesquisa: “Com as ferramentas tecnológicas que disponibilizamos aos nossos clientes – entre elas, o nosso aplicativo móvel myCWT, proporcionamos praticidade e comodidade aos viajantes para que reservem e gerenciem suas viagens pelos canais que acharem mais convenientes,  pois garantimos processos e informações consistentes tanto no atendimento humano como digital”, finalizou.

Publicidade
APP da Revista Hoteis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA