Publicidade
SPCVB

Grupo Latam deve retomar em até 56% seu ASK em outubro

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 3 minutos

No Brasil, a Latam vai operar em outubro com 82% da sua oferta doméstica de assentos (medida em ASK*) em comparação com outubro de 2019 (período anterior à pandemia). Se comparado com outubro de 2020, a oferta de assentos da empresa vai mais que dobrar (220%) neste mês. Ao todo, serão 478 voos nacionais diários da Latam no Brasil.

Publicidade
Encontro da Hotelaria

Diogo Elias, Diretor de Vendas e Marketing da Latam Brasil, afirma: “Estamos cada vez mais próximos dos níveis pré-pandêmicos nos voos domésticos e atentos ao avanço do processo de vacinação contra a COVID-19. E a retomada não é diferente no internacional. Embora mais lenta, já incrementamos rapidamente a oferta para os próximos meses mediante as recentes aberturas de fronteiras para o turista brasileiro”.

O aumento da oferta é resultado da adição de mais 42 voos domésticos por semana neste mês na comparação com setembro, ligando cada vez mais o País a Guarulhos e Brasília, os seus principais hubs (centros de conexão) nacionais.

Publicidade
Clima ao Vivo

Os destaques da retomada da Latam no Brasil em outubro vão para as seguintes rotas: São Paulo/Congonhas-Rio de Janeiro/Santos Dumont (cresce de 82 para 86 voos semanais); São Paulo/Congonhas-Curitiba (de 35 para 38 voos semanais), São Paulo/Guarulhos-João Pessoa (de 12 para 15 voos semanais), São Paulo/Guarulhos-Salvador (de 43 para 46 voos semanais), São Paulo/Guarulhos-Manaus (de 28 para 30 voos semanais), Rio de Janeiro/Galeão-Recife (de 10 para 12 voos semanais), Rio de Janeiro/Santos Dumont-Brasília (de 38 para 40 voos semanais), Brasília-São Paulo/Congonhas (de 47 para 49 voos por semana) e Brasília-Teresina (de 12 para 14 voos por semana) e Foz do Iguaçu-São Paulo/Congonhas (de 5 para 7 voos semanais).

Ainda neste ano, a companhia vai abrir mais 4 novos destinos no Brasil entre novembro e dezembro: Juazeiro do Norte (CE), Jericoacoara (CE), Petrolina (PE) e Vitória da Conquista (BA), encerrando 2021 com 49 cidades atendidas no país, 5 a mais do que operava antes da pandemia.

Voos internacionais a partir do Brasil

Do Brasil para o exterior, a Latam retomou 25% da sua oferta de assentos (medida em ASK) em relação a outubro de 2019. A retomada das operações soma-se à safra de bons resultados recentemente obtidos pela Latam, que acaba de ser anunciada como a melhor companhia aérea da América do Sul na edição deste ano da Skytrax World Airline Awards, considerado o “Oscar” da aviação mundial. O ranking considera todo o grupo Latam, incluindo a Latam Brasil, e é resultado de pesquisa de satisfação com passageiros de todo o mundo. Em agosto, a companhia retomou a liderança do market share no mercado doméstico brasileiro, segundo a ANAC, após diversas ondas de investimentos no país. Além disso, continua sendo a empresa mais pontual do mundo desde 2018, segundo os principais rankings mundiais de On-Time Performance (Cirium e OAG). Em conjunto, esses resultados reforçam que a Latam está mais eficiente, melhor e mais forte apesar dos desafios da pandemia.

Operação global do Grupo Latam

Somadas todas as suas filiais, o Grupo Latam prevê retomar até 56% da sua oferta total de assentos (em ASK) em outubro de 2021, em comparação com outubro de 2019. Em setembro deste ano, o Grupo Latam havia retomado 54% do ASK.

Publicidade
Faitec

Ao todo, o Grupo Latam deve operar neste mês quase 970 voos diários (domésticos e internacionais) para 122 destinos em 18 países. Na divisão de cargas, a companhia programou 1.140 voos em aeronaves cargueiras, com nível de utilização 17% superior, em média, do que no mesmo período de 2019. Todas as projeções estão sujeitas à evolução da pandemia, bem como às restrições de viagens estabelecidas pelos países.

Em setembro de 2021 (em comparação com setembro de 2019), o Grupo Latam registrou uma demanda de passageiros (medida em RPK) de 49,9% e uma oferta de assentos (medida em ASK) de 54,1%, resultando em uma taxa de ocupação de 76,1% (redução de 6,4 pontos percentuais). No transporte de cargas, também em comparação com agosto de 2019, registrou uma ocupação de 60,8% (aumento de 7,3 pontos percentuais).

*ASK: sigla em inglês para Assentos‐Quilômetros Oferecidos

*RPK: sigla em inglês para Passageiros Quilômetros Pagos

Publicidade
Anuncie conosco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA