AconteceuÚltimas Notícias

Entretenimento é tema de palestra no 12º ADIT Share

Os palestrantes falaram um pouco mais sobre os projetos de entretenimento no segmento de hospitalidade

Direto de Atiba (SP) – O 12º ADIT Share traz, mais uma vez, uma série de palestras e debates sobre temas relevantes para o mercado de multipropriedade. Um deles é a questão do entretenimento, abordado na palestra “Entretenimento como âncoras de projetos de hospitalidade”, da qual participaram Raimundo Pimenta, CEO do My Mabu; Carolina Negri, Presidente Executiva do Sindepat – Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas, que foi a mediadora; Felipe Castro, Diretor Corporativo de Operações e Fidelidade do Tauá; e Frederico Costa, Sócio do Bali Park Resort.

Publicidade
Clima ao Vivo

Carolina trouxe alguns números do setor, dentre eles o faturamento de R$ 8,2 milhões em 2023. “Também é preciso ter um olhar para o futuro, é importante investir em novos empreendimentos no setor de parques e atrações turísticas para atrair novos públicos e manter o público já frequente”, diz.

Entretenimento é tema de palestra no 12º ADIT Share
Felipe Castro: “Teremos o primeiro resort a beira-mar, que será lançado no início de 2026 em João Pessoa, na Paraíba”.
Publicidade
Ameris

Felipe Castro abordou mais detalhes sobre algumas opções de entretenimento do Grupo Tauá, que tem mais de três décadas de história. “Teremos o primeiro resort a beira-mar, que será lançado no início de 2026 em João Pessoa, na Paraíba. Contamos com os Taualegres, a equipe de lazer e entretenimento que reconhecemos com ‘a mais animada do universo’. Temos atividades para todas as faixas etárias da infância. Não adianta ter um hotel maravilhoso e uma piscina linda, se o atendimento e o cuidado não forem bons”, afirma. Ele também falou sobre espaço Jota City, no Tauá Atibaia, onde as crianças brincam aprendendo e com sustentabilidade, uma metrópole do futuro. “Também ampliamos o complexo aquático com a Ilha Tauá, que tem 3,6 mil m2 e uma inédita montanha russa aquática. Vale lembrar que temos o Aquapark Indoor, um dos principais produtos do grupo”, lembra.

Entretenimento é tema de palestra no 12º ADIT Share
Raimundo Pimenta, CEO do My Mabu: “Nossa grande âncora de entretenimento é o Blue Park, que fica anexo ao resort, e é fruto da multipropriedade”.
Publicidade
Carbono Free

Raimundo Pimenta informou que a Rede Mabu Hotéis tem 690 apartamentos ao todo, e que começaram com o Mabu Curitiba Business. Ele também falou sobre o Mabu Thermas Grand Resort, em Foz do Iguaçu, que possui 362 apartamentos. “Nossa grande âncora de entretenimento é o Blue Park, que fica anexo ao resort, e é fruto da multipropriedade. São mais de 15 atrações e mais de R$ 100 milhões de investimento, sempre focado na satisfação dos clientes. Falando das atrações, ele tem piscina de 11 mil m2 e com ondas, tornando-se o maior parque do Sul do Brasil. No ano passado foi lançada a Área Kids, aumentando os índices de satisfação dos nossos clientes. Além da tirolesa com 30 metros de altura”. Ele ainda salientou que, atualmente, o My Mabu tem mais de 4.500 proprietários e 92% de taxa de comercialização. “A multipropriedade é nossa prioridade, ela ajuda a fidelizar o cliente do parque”, destacou.

Entretenimento é tema de palestra no 12º ADIT Share
Frederico Costa, Sócio-diretor do Bali Park Resort: “Hoje temos um empreendimento com várias atrações e dez blocos de 48 apartamentos”.
Publicidade
Desbravador

Frederico Costa contou que o Bali Park Resort começou com um sonho, dele e do seu sócio, de transformar uma fazenda de 220 hectares em Luziânia, Goiás, as margens do Lago Corumbá IV, em um empreendimento. A região fica num polo bem localizado, a apenas 80 quilômetros de Brasília. “O primeiro projeto começou com toboágua familiar, toboágua radical, piscinas de águas quentes, nos moldes do Rio Quente. O objetivo era vender o m2 na sala de vendas. Hoje temos um empreendimento com várias atrações e dez blocos de 48 apartamentos, totalizando 480 unidades habitacionais”, afirmou. Ele lembrou que o maior desafio do Bali foi a pandemia, pois o cliente estava dentro de casa. “Conseguimos manter nossa equipe para dar continuidade a obra e mostramos para o nosso comprador de multipropriedade o andamento da construção e que tudo estava acontecendo bem durante esse período difícil”, conclui.

Publicidade
Tramontina

João Bernardes

João Bernardes é Repórter da Revista Hotéis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA