Publicidade
Leceres

Desafios do setor hoteleiro para recuperação plena em 2022

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 2 minutos

Depois de três anos de pandemia os desafios para o setor de hospitalidade continuam, seja na implantação de novas tecnologias, na contratação de mão de obra ou nas adaptações para a retomada das viagens corporativas. À medida que 2022 avança, a expectativa pela volta da “normalidade”, é importante que o setor hoteleiro esteja atento as tendências que podem influenciar a gestão dos meios de hospedagem.

Publicidade
Faitec

Veja a seguir três pontos importantes para a gestão hoteleira em 2022

  • Melhorar salários, benefícios e condições de trabalho

Durante o período mais crítico da pandemia muitos trabalhadores do setor mudaram de área em busca de oportunidades de emprego. Questão que gerou um apagão da mão de obra especializada durante a retomada, já que parte dos trabalhadores acabaram não retornando aos antigos postos de trabalho. Para atrair novamente esses trabalhadores algumas empresas perceberam que precisariam oferecer melhores salários, bônus, e incrementar os benefícios como com cuidados com a saúde e bem estar e com incentivo para estudos e faculdade. Para cativar e reter bons profissionais vai ser fundamental investir em melhorias nas condições de trabalho.

  • Uso da tecnologia e riscos de ataques cibernéticos

As soluções tecnológicas foram incorporadas definitivamente na área da hospitalidade. Muitos meios de hospedagem que resistiam à modernização ou que vinham adiando a implantação da tecnologia nas operações precisaram de adaptar à nova realidade, principalmente com ferramentas touchless e sistemas de gerenciamento. Mas com o aumento do uso da tecnologia, aumentam também os riscos da ataques e fraudes cibernéticas. Embora tenha se criado leis e ferramentas para a proteção de dados, os crimes virtuais também vão se aperfeiçoando. As tentativas de fraudes envolvendo o setor turísticos, principalmente o setor de viagens e hospedagem, cresceu durante a pandemia. É preciso estar atento aos mecanismos de proteção e treinar a equipe para lidar com as novas ferramentas.

Publicidade
Clima ao Vivo

  • A lenta recuperação do turismo corporativo

O turismo de lazer tem obtido bons números na retomada. O período de festas e a chegada do verão acelerou a recuperação e trouxe novo fôlego para esse setor. Para o restabelecimento total e a volta das operações a patamares pré-pandemicos, se conta muito com a volta dos eventos corporativos e as viagens de negócios. Porém essa retomada está em um ritmo mais lento do que o esperado, com muitas empresas contendo despesas e adotando as reuniões e encontros virtuais. As estratégias de oferecer equipamentos para eventos híbridos, long stays e acionar o modo bleisure, foram boas opções, mas ainda insuficientes para atingir a recuperação plena.

Publicidade
21 anos Revista Hotéis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA