Publicidade
Leceres

Canela (RS) libera, com restrições, abertura de hotéis e pousadas

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 1 minuto

Após videoconferência comandada pelo Vice-Prefeito de Canela (RS), Gilberto Cezar, com entidades ligadas ao trade turístico, secretários municipais e adjuntos e Procuradoria do Município, foi publicado o decreto municipal número 8.742, de 7 de maio de 2020, que determina procedimentos para reabertura/retomada gradual das atividades e operações em hotéis, pousadas, aluguéis de temporada, parques e atrações turísticas. Dentre as determinações do decreto, os estabelecimentos do ramo hoteleiro poderão receber até 50% da capacidade máxima de unidades habitacionais, devendo realizar logística de distribuição para funcionamento simultâneo, tais como blocos, andares ou categorias de apartamentos próximos, visando ao controle de fluxo de circulação e serviços.

Em se tratando de alojamentos compartilhados (hostels ou albergues), somente poderão entrar em funcionamento quartos individuais com banheiros individuais, ficando vedado o compartilhamento de quartos, banheiros e áreas comuns como cozinha e espaços de lazer.

Publicidade
Harus 1

É obrigatório o uso de máscaras individuais no interior do estabelecimento por hóspede, cliente e funcionário. No caso da hotelaria e nos atrativos turísticos, a obrigatoriedade também se mantém para funcionários e os visitantes para ingressar e permanecer nas dependências do estabelecimento.

Ficam proibidas, a qualquer título, novas hospedagens na modalidade de aluguel por temporada, mesmo aquelas por aplicativo, devido à impossibilidade técnica e material de controle efetivo de ações ao combate ao COVID-19.

Publicidade
Clima ao Vivo

Parques, atrações turísticas, museus, áreas ou ambientes temáticos e afins devem obedecer às normas de higiene e segurança. Os estabelecimentos poderão receber até 50% da capacidade máxima de visitantes, devendo realizar orientação ao público a fim de evitar aglomeração e observar a etiqueta sanitária.

O Vice-Prefeito Gilberto Cezar disse que “temos que buscar a unicidade de esforços e trabalhar em conjunto na Região das Hortênsias, com Gramado especialmente, para poder garantir a saúde pública, mas também organizar uma retomada gradativa das atividades, com cuidado à questão sanitária e sem ceticismo em relação ao vírus”.

Para ler o decreto municipal na íntegra, clique aqui.

Publicidade
Soluções RH

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA