Publicidade
Leceres

Brasileiro é a 3ª nacionalidade que menos fez viagens internacionais em 2018

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 2 minutos

A Booking.com entrevistou viajantes em 31 países com o objetivo de analisar o comportamento dos turistas no último ano* e entender padrões de consumo e intenções de viagem para 2019. De acordo com o levantamento, os brasileiros são a terceira nacionalidade que menos viajou** internacionalmente em 2018, atrás apenas dos japoneses e coreanos.

Em termos comparativos, os brasileiros fizeram mais viagens internacionais em 2017, mas, mesmo assim, ficaram entre as cinco nacionalidades que menos viajaram internacionalmente naquele ano. Por outro lado, os brasileiros são a sétima nacionalidade que mais fez viagens domésticas de duração acima de cinco dias em 2018, tendo subido três colocações em relação ao ano de 2017.

Publicidade
Clima ao Vivo

De modo geral, 25% dos brasileiros passaram de cinco a nove dias viajando a lazer no ano passado. Para 2019, 82% dos viajantes brasileiros pretendem fazer ao menos uma viagem doméstica curta (um a quatro dias), 70% pretendem fazer uma viagem doméstica de maior duração (acima de cinco dias), 47% pretendem fazer uma viagem internacional de duração mínima de cinco dias.

Os principais fatores que influenciam na escolha do destino para os viajantes brasileiros são segurança (88%), paisagens naturais deslumbrantes (88%), limpeza (87%), culinária local (87%), praias de qualidade (86%), baixos custos de alimentação e atrações (84%), entre outros. Ao mesmo tempo, as principais preocupações em meio aos viajantes do País são: ter algo roubado (47%), estar em algum lugar onde não se sintam seguros (43%) e a experiência da viagem não valer o investimento (36%).

Publicidade
Harus 1

Na hora de reservarem suas acomodações, 42% dos viajantes brasileiros o fazem por conta própria e 56% usam sites e aplicativos. Além de preços e localização, outros três grandes fatores que influenciam a escolha da acomodação são avaliações dos hóspedes (38%), métodos de pagamento (36%) e instalações da acomodação (32%). Por fim, os serviços e amenidades mais importantes de uma acomodação são wi-fi gratuito (72%), ar condicionado (71%) e restaurante no local (63%).

* Esta análise faz parte de uma pesquisa realizada com 53.492 pessoas de 31 países. Para participar, o viajante deveria ter mais de 18 anos de idade e ter viajado a lazer ou trabalho nos últimos 12 meses.

** Considerando viagens com a duração de cinco dias ou mais.

Publicidade
Soluções RH

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA