Aconteceu

Brasil Hospitality Investment Conference debateu a importância dos complexos multiusos na hotelaria

Para encerrar a programação de hoje (13/06), o BHIC – Brasil Hospitality Investment Conference, que acontece no hotel Tivoli São Paulo Mofarrej, na capital paulista, apresentou o painel “Complexos de uso misto: Por que o hotel é a cereja do bolo”. O evento é promovido pela Questex Hospitality + Travel em parceria com BSH International, e conta com a Revista Hotéis como mídia de apoio.

 

O painel contou com a participação de Clay Dickinson, Vice-presidente executivo da América Latina da Jones Lang LaSalle Hotels, como moderador, e dos palestrantes: Franklin Mira, Diretor de Negócios e Mercado da Odebrecht Realizações Imobiliárias; Serena Rakhlin, Vice-Presidente de Desenvolvimento e Aquisições para as Américas da Trump Organization; e Pat McCudden, Vice-presidente sênior do Hyatt International

 

Os Complexos de Multiuso são originados do turismo de negócios, formado por prédio de escritório, residencial/hoteleiro e lojas (mall). “Naturalmente temos uma boa bandeira e empresas de renome ocupando os escritórios e lojas âncoras que possam trazer valor como, por exemplo, bons restaurantes, são determinantes para o sucesso”, explica Mira. Na visão do executivo “a criação de pequenas comunidades auto-sustentáveis tende a ser um modelo vencedor”, afirmou.

 

Segundo McCudden vislumbramos grandes oportunidades de investimentos em complexos multiusos para oferecer serviços selecionáveis no Brasil, dentro de grandes cidades. “É importante estes complexos combinarem varejo, comercial, hoteleiro e residencial. Para oferecer serviços diferenciais para os vários tipos de clientes e classes presentes nestes projetos”, explicou.

 

Também os complexos multiusos estão ligados a qualidade de vida, pela facilidade em encontrar diversos serviços devido a proximidade, como por exemplo, o morador poderia utilizar o spa do hotel e outros serviços. “A diversidade, flexibilidade e versatilidade dos complexos multiusos são o seu grande diferencial, e isto é um componente muito importante pelo crescimento destes projetos no Brasil e outros lugares mercados”, observou Serena.

 

Outro componente principal para viabilidade destes projetos é identificar o que o mercado necessita e quanto o empreendedor que investir neste complexo multiuso, além de uma sinergia entre o investidor com a administradora que fará o gerenciamento do hotel. “Para este complexo dar certo precisamos fazer uma pesquisa do formato ideal. Se necessita ter um hotel econômico ou luxo, um shopping center, edifício residencial ou comercial e outros serviços. Outra questão é levantar quais serão os serviços destes complexo pode ser de uso coletivo como um centro de convenções, um fitness center ou business center”, pontuou McCudden.

 

Ao final os executivos falaram que o principal desafio de implantar um complexo multiuso é encontrar empreendedores que querem investir nestes projetos com diferentes componentes (hotel, edifico comercial e residencial e outros atrativos como um shopping center), e se o custo do projeto é viável para ter retorno do investimento. “Quando você tem um projeto de complexo multiuso com uma boa marca de hotéis e excelente distribuição geral de receitas, isso facilita o trabalho de captação de investidores. Friso que é fundamental ter uma marca conhecida ou famosa de hotéis para viabilizar o projeto multiuso, para dar mais segurança ao investidor e até mesmo conseguir financiamentos”, concluiu Mira.

 ______________________________________________________________________________________________

Se você estivesse nos seguindo pelo www.twitter.com/revistahoteis  ou curtindo pelo www.facebook.com/revistahoteis teria recebido esta informação em tempo real!!!  Está esperando o que? Lembre-se, informação é a ferramenta mais importante para tomada de decisão e negócios e aqui você fica sempre bem atualizado dos últimos fatos e acontecimentos da hotelaria.
 _________________________________________________________________________________________
Publicidade
Fispal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA