Publicidade
Trofeu fornecedor

Bonito (MS) deve retomar atividade turística em julho

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 2 minutos

Os segmentos de turismo de Bonito, um dos principais destinos de Mato Grosso do Sul, avançam com responsabilidade e rigor no cumprimento os protocolos de biossegurança para retomar as atividades de visitação a partir de julho, em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Os procedimentos estão sendo elaborados com o apoio do Sebrae, Sesi (Sistema Fiems) e Fundação de Turismo do Estado (Fundtur-MS). A informação é do Governo do Estado do Mato Grosso do Sul.

A abertura dos atrativos, bem como hotéis, pousadas e demais meios de hospedagem, foi liberada pela prefeitura a partir de 1º de junho, contudo os empresários do setor estimam que os serviços retomarão gradativamente somente em julho. “Teremos mais um mês de adaptação, para aquisição dos EPIs e treinar o pessoal. Nossa preocupação é com a segurança das pessoas”, afirma a Presidente da ABH (Associação Bonitense de Hotelaria), Gitane Klain.

Publicidade
Onity

A ABH e o IDB (Instituto de Desenvolvimento de Bonito) já entregaram o protocolo de biossegurança do setor de hospedagem, elaborado pelo Sebrae e consultoria do Sesi. O documento foi aprovado pela prefeitura e disponibilizado aos empresários para cumprimento e adequações. Também com o apoio do Sebrae e Sesi, a ATRATUR (Associação de Atrativos Turísticos de Bonito e Região) deve fazer o mesmo.

O documento contém todas as recomendações necessárias para hotéis, pousadas e demais meios de hospedagem readequarem o atendimento durante a pandemia do novo coronavírus. Ele detalha as medidas de atendimento ao cliente, o uso de locais compartilhados, como piscinas, academias, locais de prática esportiva e restaurantes; procedimentos de lavanderia; uso de elevadores; limpeza dos quartos e ambientes, medidas a serem adotadas caso um cliente teste positivo para o COVID-19, entre outros.

Publicidade
Anufood

O protocolo destaca também todas as medidas de segurança já conhecidas, como disponibilidade de álcool 70% em locais de fácil acesso, uso obrigatório de máscaras para funcionários e clientes, janelas e portas abertas em locais de fluxo de pessoas, demarcações de distanciamento e higienização frequente de objetos compartilhados, como máquina de cartão e cardápios, manipulação de alimentos e uso de espaços coletivos.

O OTEB (Observatório do Turismo e Eventos de Bonito), coordenado pelo Bonito Convention & Visitors Bureau, com o apoio da Fundtur-MS, realizou em maio pesquisa de sondagem empresarial para levantar o número de demissões provocadas pela pandemia do coronavírus no setor turístico. De acordo com o levantamento, 71% dos colaboradores registrados antes da quarentena foram mantidos nas empresas. As demissões (29%) equivalem a 566 funcionários.

Publicidade
Altenburg

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA