Publicidade
Retomada do turismo

Airbnb e Turismo de SP promovem ação conjunta

Airbnb e Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo se unem para campanha de viagens responsáveis

O Airbnb, maior empresa global de compartilhamento de lares e experiências em viagens, e a Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo promovem uma ação conjunta para conscientização sobre viagens responsáveis, especialmente nos feriados, em que a movimentação de turistas tende a ser maior.

A iniciativa, que inclui a divulgação de boas práticas a hóspedes e anfitriões nos sites, por email e em redes sociais, faz parte da parceria entre o Estado e a plataforma para apoiar a retomada do turismo e a recuperação econômica no contexto da pandemia.

Na página Retomada Consciente, do Governo de São Paulo, viajantes e empresas do setor de turismo encontram protocolos e recomendações, incluindo vídeos explicativos, que detalham aspectos específicos para hospedagem, atividades de bares e restaurantes e eventos.

Publicidade
Unilever

Segundo a Secretaria de Turismo do Estado, os protocolos e as fases do Plano São Paulo foram desenhados com o setor privado justamente para maior compreensão, considerando as peculiaridades de cada ramo de atividade. “A COVID-19 ainda não foi vencida. É fundamental que esses cuidados sejam mantidos e tenham a máxima adesão. O consumo responsável das viagens é parte de uma retomada segura”, diz Vinicius Lummertz, Secretário de Turismo do Estado de São Paulo.

O Secretário Estadual de Turismo de São Paulo, Vinícius Lummertz (Foto: Divulgação)

Protocolo Avançado de Higienização

O Airbnb, por sua vez, destaca na sua plataforma o Protocolo Avançado de Higienização, desenvolvido com orientação de autoridades sanitárias e especialistas internacionais, como o CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças), nos EUA, que é referência nos esforços de combate à COVID-19. O compromisso o Protocolo, em vigor desde junho e que inclui especificações sobre como higienizar todos os cômodos de uma casa e um selo para as acomodações, passou a ser solicitado a todos os anfitriões. Além disso, em agosto, a plataforma reduziu a 16 o número máximo permitido de pessoas por acomodação, para evitar aglomerações e contribuir para estadias responsáveis. E, nesta semana, lançou orientações e boas práticas também para hóspedes, disponíveis no site e com as quais eles devem se comprometer no momento da reserva. As recomendações incluem uso de máscaras e prática de distanciamento social por anfitriões e hóspedes ao interagirem.

Publicidade
RAP Engenharia

De acordo com Flávia Matos, Diretora de relações institucionais e governamentais do Airbnb para a América Latina, “O Airbnb sempre esteve comprometido com o turismo responsável e conectado com a cultura local, que movimenta a economia das cidades de forma saudável. E as boas práticas que recomendamos, amplamente apoiadas pela nossa comunidade de anfitriões e hóspedes, são ainda mais relevantes no contexto da pandemia”.

Em 2019, o Airbnb gerou um impacto econômico direto de R$ 10,5 bilhões no Brasil considerando gastos de hóspedes em diversos segmentos relacionados ao turismo, como comércio e restaurantes locais, não apenas com hospedagem.

Publicidade
Trofeu Fornececor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA