HOME Matérias Accor promoveu encontro sobre combate à LGBTfobia

Accor promoveu encontro sobre combate à LGBTfobia

O CEO Accor América do Sul, Patrick Mendes, afirmou que a diversidade contribui para que empresas ofereçam melhores experiências aos seus clientes

132
0
SHARE
A Drag Queen Tchaka, que também participou do encontro - Foto: divulgação

A Accor realizou nesta terça-feira (14), em sua sede, em São Paulo (SP), um evento em comemoração ao Dia Internacional de Luta contra a LGBTfobia, celebrado em 17 de maio. O encontro reuniu lideranças LGBTI+, executivos e instituições de diversidade, convidados, além de contar com a participação da Drag Queen Tchaka. Patrick Mendes, CEO Accor América do Sul, também participou do evento, ao lado do consultor de diversidade e especialista nos temas inclusão, gênero e sexualidade, Ricardo Sales.

O encontro foi formado por dois painéis de discussão, sendo o primeiro deles sobre a inclusão do público LGBTI+ no mercado de trabalho. Os convidados para debaterem sobre o tema foram a primeira executiva trans do Brasil, Danielle Torres, e o ativista LGBT João Silvério Trevisan, um dos pioneiros do movimento LGBT no Brasil. A conversa foi mediada por Ricardo Sales.

Patrick Mendes durante apresentação no evento – Foto: divulgação

O segundo painel, intermediado pelo Raul Almeida, embaixador LGBTI da Accor, teve como painelistas Juliana Bueno, gerente do hotel Belas Artes São Paulo by Accor, o blogueiro Rafael Leick e o coordenador de Turismo LGBTQ Brasil na International Gay and Lesbian Association, Clovis Casemiro. O grupo discutiu o tema ‘Como o público LGBTI+ impulsiona o turismo e como este está se preparando para esta demanda’. Hoje, o viajante LGBT movimenta mais de US$ 220 bilhões em turismo no mundo anualmente e a hotelaria deve estar preparada para acolher esse público.

O CEO Accor América do Sul, Patrick Mendes, afirmou que a diversidade contribui para que a empresa ofereça experiências melhores aos seus clientes. “Fiz questão de estar aqui e demonstrar que o mundo corporativo, do qual sou parte, deseja ser protagonista deste movimento antiviolência e da promoção da diversidade. Empresas em que a diversidade é reconhecida têm colaboradores mais engajados. Ter pessoas com opiniões e orientações diferentes, pessoas genuínas, cada um com sua singularidade, melhora a experiência de nossos clientes”, completou Patrick.

O consultor de diversidade e especialista nos temas inclusão, gênero e sexualidade, Ricardo Sales – Foto: divulgação

“Tanto em nossos hotéis como na sede, promovemos e incentivamos a presença de todos os representantes da sociedade, pois somos uma empresa aberta e diversa e refletimos o nosso público. Por isso, nos empenhamos, ao lado dos representantes do público LGBTI+, em promover a inclusão de todos os gêneros na sociedade e também esclarecer tantas dúvidas que às vezes são o embrião da discriminação. O encontro de hoje foi ótimo como oportunidade de combate ao preconceito e como fonte de esclarecimento da sociedade e valorização do público LGBTI+”, afirma Antonietta Varlese, Vice-presidente de Comunicação e Responsabilidade Social Corporativa da Accor América do Sul.

A Accor não apenas apoia como promove a inclusão de todos os representantes da sociedade em seu grupo de mais de 20 mil colaboradores na América do Sul, entre eles profissionais transgêneros. A empresa fará, ainda em maio, recrutamento exclusivo trans e também é apoiadora oficial da Parada do Orgulho LGBT, que será realizada em 23 de junho, na capital paulista. Como reconhecimento de seu esforço em favor da igualdade de gênero, a Accor recebeu em 2018 o Selo Municipal de Direitos Humanos, concedido pela Prefeitura de São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image