Publicidade
Leceres

Accor celebra crescimento na 10ª WTM Latin America

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 3 minutos

A 10ª edição da WTM Latin America começou nessa terça-feira, dia 5 de abril, no Expo Center Norte, em São Paulo, em clima de retomada. Nos corredores e estandes do evento, era visível a satisfação dos profissionais do turismo em poder realizar ações, encontros e principalmente novos negócios depois de dois anos de incertezas e medo. No estande da Accor não foi diferente. Um dos pontos mais visitados da feira, o espaço da rede hoteleira francesa, detentora de uma das marcas mais populares do mundo (ibis), contou com a presença de importantes players do turismo nacional e internacional, além de diretores da própria companhia.

Publicidade
21 anos Revista Hotéis

Andre Sena, CCO Accor América do Sul, falou sobre o crescimento exponencial da rede mesmo durante a pandemia e os planos robustos que a rede hoteleira têm para o Brasil e outros países. “Tivemos um dezembro e janeiro incríveis, inclusive melhores do que 2019, o que foi uma surpresa. Achamos que a acelerada do mercado aconteceria depois de agosto, e ela aconteceu ainda mais forte do que imaginávamos. Fevereiro teve uma sensível retraída, ficou um pouco abaixo de 2019 e março também, por inúmeras razões. Mas já nos encontramos no mesmo patamar. Não precisamos mais comparar os números tanto com 2019. Algumas praças e capitais que eram muito dependentes do corporativo, agora em março retomaram de forma incrível, o que nos pegou de surpresa de forma positiva. Está voltando e está em uma velocidade muito além do que imaginávamos. Para quem projetava uma retomada plena em 2023, 2024, essa é uma boa, diria ótima notícia”.

Aberturas

Sena revela que, mesmo durante a pandemia, a Accor continuou seu plano de abertura de hotéis. “Ano passado assinamos 22 hotéis. Assinamos 14 novos contratos no ano passado e neste ano, a previsão é de 25 novos hotéis aqui na região. De todas as modalidade, tanto franquia quanto administrado. Cada vez mais a franquia é um motor de crescimento, então temos ai uma força muito grande. Investimos nos hispânicos e lifestyle. Agora temos dois SLS (Punta del Este e Buenos Aires) em desenvolvimento; dois JO&JOES, um no largo do Boticário e outro em Medellin, na Colômbia; um Tribe em Belo Horizonte, que é uma marca de luxury mais acessível com conceito lifestyle e a continuidade do trabalho com as power brands, como Novotel, ibis e Mercure, com o ibis sendo um produto de grande sucesso na região. Nossa missão é continuar crescendo”.

Publicidade
Clima ao Vivo
Econômicos

De acordo com o executivo, além do crescente foco da Accor nas marcas de lifestyle e luxury, também os econômicos continuam no radar da empresa. “Antes eram produtos mais padronizados, mas com a ampliação da marca ibis, temos mais flexibilidade e produtos diferentes. Vamos abrir em Maragogi o primeiro ibis Styles Resort, ou seja, de fato estamos ampliando o escopo dos produtos econômicos na região. A marca ibis é a terceira mais buscada pelos brasileiros, que a amam. E vai continuar sendo e tendo um espaço muito importante em nossos planos”, afirma.

Projeção

Sena conclui: “Não sabemos como será o segundo semestre. É um ano que começamos com uma estimativa de inflação e câmbio que já foi superada. O que temos de fato como visão é que sim, de fato as pessoas voltarão a viajar e continuaremos com o crescimento exponencial que a Accor planejou desde antes da pandemia. As cidades secundárias e terciárias continuam na nossa estratégia, principalmente na modalidade de franquias, essa é uma premissa que a Accor pretende continuar trabalhando ao longo do ano e além”.

Publicidade
Anuncie conosco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA