Publicidade
SPCVB

ABIH-BA apresenta balanço com desempenho da hotelaria em Salvador

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 3 minutos

A hotelaria de Salvador obteve em 2021 uma ocupação média de 45,61%, diária média de R$ 361,74 e Revpar (indicador ponderado da diária e taxa de ocupação) de R$ 165,01. Os resultados finais, embora melhores do que os de 2020 – com ocupação média de 37,4%, diária de R$ 255,58 e Revpar de R$ 95,58% – ficaram bem abaixo dos observados em períodos anteriores à pandemia.

Publicidade
Faitec

De acordo com Luciano Lopes, presidente da ABIH-BA reeleito para o Biênio 2022-2023, com o início da segunda onda da pandemia em dezembro de 2020, os primeiros meses de 2021 foram duramente afetados. “Todas as expectativas para o verão retrocederam e a hotelaria da capital baiana só veio apresentar sinais de recuperação a partir de julho, com o avanço da vacinação e a reabertura de praias e pontos turísticos”, explica.

Seguindo a tendência já verificada no ano anterior, em 2021 observou-se a presença marcante do público doméstico, substituindo o mercado internacional retraído pela escassez de voos e das inseguranças geradas pelas oscilações da pandemia. Por outro lado, a desvalorização da moeda nacional e a alta da inflação foram outros fatores que incentivaram o público doméstico a buscar alternativas nacionais para suas viagens e hospedagens. Ao comparar a média de ocupação do segundo semestre de 2021 (57,54%) com a de 2019 (63,43%) – período anterior à pandemia, verifica-se que as taxas ficaram muito próximas, o que permite afirmar a tendência da retomada das atividades em níveis anteriores à pandemia.

ABIH-BA apresenta balanço com desempeno da hotelaria em Salvador

Em 2021, com o incremento dos voos domésticos e o avanço da vacinação, identificamos a chegada de pessoas de diferentes estados do país”, conta Luciano Lopes, Presidente da ABIH-BA – Divulgação

Publicidade
Soluções 1

Desempenho da hotelaria em Salvador – dezembro de 2021

O último mês do ano registrou ocupação de 61,18%, aproximadamente 13% maior que dezembro 2020. A diária média atingiu R$ 466,87 e o Revpar R$ 285,63. Repetindo a característica observada durante todo o ano, os melhores resultados foram relacionados aos do mercado de lazer.

ABIH-BA apresenta balanço com desempeno da hotelaria em Salvador

Dados da Pesquisa Conjuntural de Desempenho (Taxinfo), realizada pela ABIH, Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – seções Bahia e Brasil.

Publicidade
Clima ao Vivo

Réveillon e Verão 2021-2022

Apesar do cancelamento do “Festival da Virada”, o último dia do ano atraiu turistas para a capital baiana. Em 31 de dezembro, os hotéis de lazer em frente ou próximos às praias tiveram taxa de ocupação de 90%, com diária média de R$ 1.016,57. Até o presente momento a procura para hospedagem no verão encontra-se bastante aquecida, com taxas de ocupação semelhantes às observadas no verão de 2020, anterior à pandemia.  O número de passageiros também vem crescendo substancialmente no aeroporto de Salvador. Segundo a Vinci Airports, que administra o terminal, estima-se que 11.886 pessoas devem passar pelo local entre dezembro de 2021 e o final de janeiro.

Road Shows 2021

Em parceria com a Secult – Secretaria de Cultura e Turismo de Salvador, desde julho de 2021, a ABIH-BA promoveu Road Shows de divulgação do destino turístico junto aos principais mercados emissores do país. Com o objetivo de atrair turistas para a capital baiana, por meio da capacitação de agentes e operadores de viagens, a ação foi realizada nos principais estados que mais emitem turistas para a cidade, sendo eles Rio Grande do Sul, Sergipe, Minas Gerais, São Paulo, Goiás, Rio de Janeiro e Paraná, além do Distrito Federal.

Publicidade
Escola de resultados

Conquistas e expectativas para 2022

Desde o início da pandemia, a ABIH-BA conquistou a isenção e redução de impostos em algumas cidades, novas linhas de crédito, reedição da Medida Provisória 936, permitindo a redução da jornada de trabalho e dos salários para evitar as demissões em massa e outras. O atendimento por parte da Prefeitura de Salvador, ao pleito de desconto de 40% no IPTU em 2021 e também para 2022 e 2023, para todos os hotéis que aderiram ao programa Proturismo, foi uma conquista relevante da ABIH-BA para hotelaria de Salvador. Para Luciano Lopes, as expectativas seguem de forma positiva para o ano de 2022. “Esperamos um desempenho hoteleiro crescente ao longo do ano e seguiremos dando suporte e atuando nas 13 zonas turísticas da Bahia”, conclui Lopes.

Publicidade
Soluções RH

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA