Tivoli Ecoresort Praia do Forte investe na modernização e ampliação da piscina

Tivoli Ecoresort Praia do Forte investe na modernização e ampliação da piscina

102
0
SHARE
João Eça Pinheiro: "A ampliação e modernização da piscina se fez necessária para atender as necessidades de nossos hóspedes"

O resort localizado em Mata de São João (BA) deverá concluir até o final do próximo mês de outubro a modernização e ampliação da piscina principal que será mais uma das opções de lazer. “Essa ampliação se fez necessária para atender as necessidades de nossos hóspedes que se aglomeravam na piscina de borda infinita e assim ficarem mais próximos da praia, por isto, este espaço era bem disputado. Antes a piscina principal ficava de costas a praia e ao sol, mas com a reforma ela ficará de frente ao sol e oferecerá uma visão privilegiada do mar e ainda terá uma borda infinita. A piscina que era destinada aos adultos teve a profundidade reduzida e será reserva as crianças. Uma ampla jacuzzi será implantada, assim como várias espreguiçadeiras e o ambiente terá um toque asiático na decoração, que é essência do Minor Group”, assegura João Eça Pinheiro, Diretor geral do Tivoli Ecoresort Praia do Forte.

Saga System´s

Segundo ele, a reforma e ampliação da piscina faz parte de um investimento de R$ 10 milhões que também contemplou a modernização das 133 suítes másters. “Como elas ficam mais próximas a recepção e áreas sociais do resort e são as mais procuradas pelos hóspedes, a modernização contemplou uma série de itens, como: troca de piso, aumento na capacidade da internet e melhora na qualidade e recepção dos canais de TV a cabo”, revela Pinheiro.

Perspectiva de como será a piscina depois de concluida
Perspectiva de como será a piscina depois de concluíida

Mesmo com a atual conjuntura econômica brasileira, ele está com a expectativa de fechar o ano com o mesmo resultado alcançado em 2015. “Para isto estamos apostando forte na gastronomia com a recente contratação do Chef Marcelo Pinheiro que vai balancear a culinária baiana com um toque asiático. Devemos manter a taxa de ocupação em torno de 60% e diária média acumulada de R$ 1 mil. Num ano atípico como 2016, temos que comemorar a performance”, concluiu Pinheiro.

On Busca
SHARE

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA


CAPTCHA Image
Reload Image