HOME Matérias Entrevista Menache Hamaoui: A experiência que faz a diferença

Menache Hamaoui: A experiência que faz a diferença

221
0
SHARE
Menache Hamaoui possui mais de 40 anos de experiência na hotelaria

Menache Hamaoui é literalmente um hoteleiro da Velha Guarda, mas foi bem jovem e por acaso que começou a trabalhar no segmento. Quando se deu conta, já estava envolvido no mundo que o encantava. Aos poucos ele foi conhecendo e crescendo dentro da hotelaria e passou por várias redes nacionais e internacionais. E com a grande experiência acumulada, resolveu criar em 1988 a AHR Hotéis, hoje a Onix Hotelaria. Ela foi criada para atender aos novos nichos de mercado que estavam nascendo e aos mercados existentes com uma forma de gestão que respeitasse a marca do empreendedor, “Uma Rede Com Seu Nome”.

Com sua expertise e visão empresarial, Menache chegou a ter em sua gestão, 6.000 unidades habitacionais, seja em administração, ou em implantação. A consultoria e assessoria a construtoras e grupos de investidores e a administração na forma de gestão ou arredamento também fazem parte do trabalho realizado.

Utilizando a modalidade de arrendamento, a qual Menache acredita ser o modelo ideal pois as estratégias e as decisões são mais rápidas e as vendas e operação podem ser mais leves e dinâmicas, ele administra atualmente a Pousada Canto de Itamambuca, em Ubatuba (SP). Com os bons resultados obtidos na gestão, ele pretende ampliar os serviços e revitalizar a pousada e está preparado para novos desafios na gestão de outros empreendimentos.

Confira com exclusividade nesta entrevista. 

Revista Hotéis Como e quando você iniciou as atividades na hotelaria?

Menache Hamaoui — Precisamente não saberei lhe dizer como e quando iniciei na hotelaria. Um belo dia, lá estava eu estudando e organizando as viagens e excursões na escola e na comunidade. De repente, já estava na Gatti Turismo, com o Ermínio, atuando como guia e fazendo parte do receptivo de vários grupos e personalidades. Ao mesmo tempo fazendo parte da conquista do Carimã em Foz do Iguaçu e a partir deste momento, creio que foi o inicio de tudo. Conheci o Joandre Ferraz na Embratur junto com o Montegomery, os planos de desenvolvimento para o Turismo no Brasil e a necessidade de se buscar o crescimento do setor da hospitalidade e os novos polos turísticos em um Brasil grande e lindo. Estes eram grandes desafios que me encantavam, assim como foi o inicio dos mais de 6000 unidades habitacionais em gestão, seja em administração, seja em implantação.

Revista Hotéis Quais os hotéis/redes passou e quais foram os principais desafios enfrentados e superados?

Menache Hamaoui — Passei por poucas redes. Entrei na Tropical na inauguração do Tambaú e atuei no setor comercial com o principal feito de criar o “programa de Pacotes de  turismo para os hotéis da rede através das agencias Tropical “. Logo após implantei e inaugurei o Hotel Estância Barra Bonita, um novo polo de turismo corporativo se criava na região. Com isto, passei ao Le Meridien na Bahia onde um dos maiores desafios era a integração do novo conceito de hotelaria que estava sendo aplicado no mercado brasileiro. A Bahia estava recebendo o Club Mediterranée, uma nova forma de receber se integrava a hospitalidade brasileira. Isto exigia das redes um treinamento mais integrado a operação, um funcionário deveria fazer mais que uma ação, permitindo uma relação de excelência dos colaboradores no dia a dia de atendimento ao hospede. Crescendo o mercado e com a entrada de novas redes, recebi um convite e entrei na Novotel. A rede tinha como novidade a expertise de associar multi – empreendedores ao desenvolvimento de novos polos e hotéis na qual a facilidade da sua arquitetura permitia ao hospede estar familiarizado com o produto além de outras facilidades. Houve mais desafios de crescimento e o sucesso dos flats, um produto que replicou no Brasil com sucesso. Na Rede Horsa foi uma experiência de grande valia em que era necessário vencer a dificuldade do entendimento corporativo a o retrofit necessário para vencer os tempos do produto e reativar a imagem da sua marca.  O período que trabalhei no hotel Transamérica São Paulo foi motivado no Marketing e Vendas. Assim, após vivenciar o crescimento do turismo e mercado de hotéis no Brasil e vendo as dificuldades dos investidores e as novas necessidades do mercado, criei em 1988 a AHR Hotéis, hoje Onix Hotelaria, Uma rede com seu nome.

Revista HotéisQuais as principais diferenças da hotelaria de quando iniciou as atividades na indústria de turismo e hospitalidade há 40 anos atrás e a atual?

Menache Hamaoui — O conceito de receber bem não mudou nestes anos, foi se aperfeiçoando o conceito agregando serviços que atendem as expectativas do hospede ao conceito de receber bem. Certamente hoje é mais fácil desempenhar a profissão, pois se tem como aliado sistemas operacionais que permitem uma integrar os movimentos e as rotinas de gestão do hotel e na área de restauração e eventos, buscando assim soluções mais praticas e analises mais precisas do resultado operacional.

Revista Hotéis Por que resolveu criar a Onix Hotelaria? Ela nasceu com que objetivos?

Menache Hamaoui — Para atender aos novos nichos de mercado que estavam nascendo e aos mercados existentes uma forma de gestão que respeitasse a marca do empreendedor, Uma Rede Com Seu Nome e assim continua sendo à base da nossa gestão. A consultoria e assessoria à construtoras e grupos de investidores e a administração na forma de gestão ou arredamento também fazem parte do nosso objetivo.

Revista Hotéis O que difere a Onix Hotelaria das demais administradoras existentes no mercado?

Menache Hamaoui — A principal diferença se caracteriza em preservar na gestão do empreendimento o seu nome Uma Rede Com Seu Nome. Com isto, garantimos ao investidor o retorno na gestão do seu empreendimento uma continuidade de uma gestão com sucesso. Outra diferença está aliada ao comprometimento na formação de novos gestores nos hotéis independentes que prepara a sua nova geração de executivos familiares.

Revista Hotéis Quais as vantagens do arrendamento de um hotel?

Menache Hamaoui — Sim, vejo com boas perspectivas esta modalidade. Ela pode ser uma boa estratégia, pois as decisões são mais rápidas, as vendas e operação podem ser mais leves e dinâmicas. Acredito que isto fará a diferença e trará muita competitividade para quem adotar.

Revista HotéisQuais os resultados alcançados na Pousada Canto de Itamambuca, em Ubatuba (SP) que arrendou recentemente?

Menache Hamaoui — Temos obtido bons resultados na gestão, uma boa receptividade dos hóspedes e da comunidade local. Ampliamos os serviços e estamos revitalizando a pousada. Nossa proposta é integrar a pousada e o destino ao mercado de turismo familiar, desportivo e corporativo, trazer os agentes de viagens e operadores na venda deste destino e produto.

Revista Hotéis Além da administração, quais os demais serviços que realiza junto aos hotéis que contrata seus serviços?

Menache Hamaoui — Gestão comercial, análise de viabilidade e reposicionamento do produto no mercado tem sido preferencialmente requisitados. Encontramos novas gerações assumindo hotéis e necessitam serem preparados para a continuidade do sucesso.

Revista Hotéis Como lida com a pressão de investidores em busca de resultados num mercado cada vez mais competitivo?

Menache Hamaoui — A formula mágica que traz o sucesso é transparência, objetividade, comprometimento, gestão dinâmica, marketing e vendas. Seguindo esta fórmula a relação com os investidores se torna praticamente leve e inexistente.

Revista Hotéis Com sua experiência hoteleira de mais de 40 anos, como você analisa a hotelaria brasileira atualmente e que projeção faz para os próximos anos?

Menache Hamaoui — Hoje estamos com uma hotelaria mais ágil com novos conceitos de produtos e gestão. Uma hotelaria independente moderna competitiva que precisa ser vendida e divulgada para o mercado internacional, mas temos que ter um receptivo mais atuante. Vejo hoje algumas restrições no mercado interno devido as dificuldades da nossa economia, mas o turismo de eventos, corporativo e de lazer internacional certamente farão a diferença para o nosso sucesso. 

Revista Hotéis Como você analisa o desenvolvimento da Onix Hotelaria nos próximos anos?

Menache Hamaoui — O capital humano é o mais importante para o nosso crescimento e expansão do nosso negócio no Brasil. Acreditamos que nossa marca “Uma Rede Com Seu Nome” e a forma que atuamos e o que o esteja sendo procurado, é o desejo dos empresários hoteleiros, tendo como vantagem na administração a manutenção da marca do empreendimento. Desenvolvemos um método de manutenção da qualidade da gestão garantindo ao empreendedor a transparência, objetividade e comprometimento sem elevar os seus custos operacionais com a elaboração do budget anual. Assim, não há surpresa no custo de reservas, custo de marketing corporativo, custo de sistemas, manutenção e assim por diante. Afinal, na nossa cultura o negócio é promovido e administrado por nós, somos os responsáveis pelo sucesso financeiro e pela notoriedade da marca no mercado além da manutenção do produto atualizado. Outro ponto importante na nossa atuação e a garantia da boa relação contratual. Trabalhamos para atender e dar nova vida ao empreendimento e a formação do novo executivo, assim entendemos que não há necessidade de contratos de garantia por longos períodos, eles acontecem com o sucesso, nada de obrigações quando não há bom entendimento. Para isto, garantimos nossa qualidade desenvolvimento utilizando o sistema da Engenho.

Revista Hotéis O que é este sistema e o que ele procura atender?

Menache Hamaoui — O sistema é um convite que fazemos aos profissionais da hotelaria para se associarem a Onix Hotelaria “Uma Rede Com Seu Nome” para atuarem como gestores operacionais e desenvolvimento comercial no Brasil inteiro. Assim teremos diretores associados presentes nas gestões com a missão de interagir com o mercado além de estar sempre próximo ao investidor.  Já temos o primeiro diretor associado em Brasília que atua além do Distrito Federal na região do centro-oeste buscando novos empreendimentos para operação ou arrendamento e oferecendo suporte aos novos executivos familiares que estão entrando na gestão do hotel. Com este sistema, esperamos uma expansão de 15 novas unidades para os próximos anos, empreendimentos vindos desta nova parceria, através dos associados. Oferecemos esta oportunidade aos másters da hotelaria e aos executivos pelo Brasil afora, não há limite para a nossa expansão com os  profissionais associados.