Publicidade
Retomada do turismo

WAM Brasil passou a administrar hotel Nacional no Rio de Janeiro

Após o Grupo se consolidar como uma das maiores comercializadoras de contratos de multipropriedades do mundo e como a 3ª maior incorporadora em VGV comercializado do Brasil e com um representativo clube de férias e vantagens do País, a WAM foi às compras. O objetivo é se consolidar também como uma das cinco maiores administradoras de hotéis até 2021, e da um grande passo com a administração do hotel Nacional, um ícone da hotelaria brasileira, localizado em São Conrado (RJ). Esse setor faz parte do desenho de verticalização da empresa adotado em 2014, como premissa de sustentabilidade do negócio: comercialização, incorporação, estruturação jurídica, clube de férias e vantagens e hotelaria. Como diz o sócio Waldo Palmerston, “O nosso negócio tem começo, meio e fim”.

Da esquerda à direita da foto, Marcos Freitas, Waldo Palmerston e André Ladeira, os sócios diretores da WAM Brasil

Para isso investiu nos últimos três meses, R$ 1,3 bilhão na compra de 100% do Hotel Nacional do Rio de Janeiro, ícone histórico da hotelaria Brasileira e na compra de 67% do Grupo Prive, que tem como história mais de 50 anos de pioneirismo na hotelaria, incorporação e entretenimento na região da Águas Quentes de Goiás, com seus 8 hotéis, 3 parques aquáticos, incorporadora e construtora, loteadora e mineradora de água quente.

Publicidade
Unilever

No Rio de Janeiro, a WAM se une a empresários cariocas para trazer um conceito inédito e repleto de vantagens ao Hotel Nacional. “Queríamos apostar em algo diferenciado, como o que o Hotel Nacional tem a oferecer. Passamos algum tempo estudando o movimento hoteleiro e para o nosso portfólio é mais um passo importante em direção à consolidação do grupo como um dos mais importantes fomentadores do mercado turístico”, afirma Marcos Freitas, sócio da WAM.

No lobby já se nota o alto padrão de conforto e sofisticação do empreendimento

Ícone da hotelaria brasileira

Construído em 1972 no bairro de São Conrado, no Rio de Janeiro, a arrojada edificação de 33 andares de forma cilíndrica e de vidros na fachada saiu da prancheta de Oscar Niemeyer. A edificação passou recentemente por uma ampla modernização para se enquadrar numa atmosfera contemporânea, mas manteve os jardins concebidos por Roberto Burle Marx e as obras de arte como: a escultura Sereia que fica ao lado da piscina e leva a assinatura de Alfredo Ceschiatti, o candelabro de Pedro Corrêa de Araújo e um painel de Carybé composto por 300 peças de concreto. Os arquitetos que participaram desse retrofit foram Eduardo Manzano e Marcos Leite Bastos.

Publicidade
Harus

Após um longo período fechado, o hotel foi amplamente modernizado e funcionou até 2018 com o nome Gran Meliá Nacional. Agora o desafio do grupo goiano WAM Brasil é resgatar o glamour desse empreendimento que reabriu no último dia 25 de setembro para aproveitar a demanda do Rock in Rio e conseguiu taxa de 100% de ocupação no período desse evento.

Os apartamentos possuem muito conforto – Foto – Divulgação

O empreendimento de 413 apartamentos, com suítes de 33 m a 99 m², com vista para o mar e montanhas, se reposiciona no mercado com um conceito voltado para o turismo de lazer em família. As acomodações contam uma boa infraestrutura para maximizar conforto e sofisticação dos hóspedes e isto inclui equipamentos de última tecnologia como: fechadura eletrônica, mesa de trabalho, wi-fi cortesia, TV´s de led com uma variada opção de canais a cabo, frigobar com porta de vidro, cofre digital de segurança para laptop, iluminação de LED regulável, dockstation, ar condicionado digital e secador de cabelo nos banheiros.

Foco nas famílias e no lazer

Marcos Freitas enfatiza que a reinauguração do hotel Nacional representa dois marcos significativos: “É nossa porta de entrada no principal destino do turismo do Brasil e vem consolidar ainda mais nossa presença no Brasil com nove hotéis. Vamos manter o nome Nacional que é muito forte e conhecido, mas mudaremos o foco para hotel de lazer e família, mesmo tendo um grande centro de eventos que iniciará uma grande reforma em breve e devemos também trabalhar o público corporativo. Estamos trabalhando com diárias variando entre R$ 400,00 a R$ 800,00 e com uma boa expectativa em relação a performance desse hotel que continua sendo um hotel de luxo por toda estrutura e os equipamentos que temos dentro dele, mas nossa intenção é sair da faixa de preço dos outros ali da região e focar a família e ao lazer”, assegura Freitas.

A escultura sereia do artista Ceschiatti é uma das obras de arte do hotel – Foto – Divulgação

Waldo Palmerston destaca que colocar a bandeira da WAM Brasil é um sonho, e num hotel ícone como o Nacional, aumenta ainda mais a presença e visibilidade da marca. “Trouxemos nosso know how e expertise dos empreendimentos que administramos em cidades como Caldas Novas (GO) e Olímpia (SP) para esse hotel que é uma marca muito conhecida internacionalmente. As negociações duraram 14 meses com os investidores, mas estamos muito felizes e orgulhosos com essa conquista de devolver essa glamour hoteleiro a cidade do Rio de Janeiro. Agradeço aos nossos parceiros que estão acreditando em nós e não vamos esmorecer para os resultados acontecerem”, destacou Waldo.

Resgate do glamour

Na área de lazer, os hóspedes contam com uma estrutura preparada visando o máximo conforto, relaxamento e diversão, como piscinas para adultos e crianças na área externa e um terraço com um belíssimo jardim e 12 confortáveis camas balinesas para tomar sol, relaxar e apreciar a vista. Quem deseja relaxar num spa, existem quatro salas de massagem com profissionais especializados, duas jacuzzis, sauna seca e uma sala de descanso. Os hóspedes têm também serviço de praia completo, assim como está a sua disposição uma academia completamente equipada, para que a saúde e bem-estar do cliente não fiquem de lado durante sua estada.

A piscina é uma das opções de lazer do empreendimento

Na área gastronômica, o hotel conta uma seleção de bares e restaurantes, que oferece aos seus hóspedes um serviço de padrão internacional. Os dois restaurantes garantem uma variedade de opções com cardápios exclusivos para quem deseja apreciar o melhor da culinária em sua experiência na capital fluminense. O restaurante principal chamado Sereia (em homenagem ao artista Ceschiatti) possui capacidade para até 200 pessoas e está localizado no térreo. Nesta área, o hóspede também pode usufruir de um bar completo, ideal para happy hours, drinques e reuniões informais. No lobby se encontra o restaurante Amaro. Outro espaço exclusivo oferecido ao hóspede para relaxar e degustar drinques está no Lounge, especialmente criado para atender de forma especializada os hóspedes que optam por esse serviço.

Reinauguração em grande estilo

A festa de reinauguração do hotel Nacional aconteceu no dia 24 de outubro e reuniu vários representantes de entidades, como Alexandre Sampaio, Presidente da FBHA – Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação e Aldo Artur Sivieri, Presidente do SINDETUR/RJ -Sindicato das Empresas de Turismo no Estado do Rio de Janeiro. Otávio Leite, Secretário de Turismo do Rio de Janeiro e o Prefeito de Olímpia (SP), Fernando Cunha eram os representantes públicos presentes ao evento que também contou com o juiz federal Marcelo Bretas, representando o poder judiciário. Várias artistas também estiveram presentes para e curtiram o som ficou do grupo Afrojazz e do músico Evandro Mesquita que interpretou vários sucessos inesquecíveis.

O espírito e cultura carioca estavam bem representados nessa festa através de produtos ícones como: biscoito globo, chá mate gelado, água de côco e outras atrações foram servidas aos cerca de 300 presentes como: brownie, pipoca, cachorro quente, chopp e cerveja artesanal, vários tipos de batidas e muitos petiscos. Um grande painel de led ao lado do palco e na frente da piscina, mostrava um pouco da história ícone desse empreendimento e alguns de seus hóspedes ilustres como: B.B. King, Jacksons Five, Lisa Minelli, Cazuza, Chico Buarque, entre vários outros.

Confira alguns flashes do evento de reinauguração do Hotel Nacional.

Publicidade
APP da Revista Hoteis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA