HOME Matérias Aconteceu Tendências que impulsionam a hotelaria são apresentadas na Conferência da Wyndham

Tendências que impulsionam a hotelaria são apresentadas na Conferência da Wyndham

171
0
SHARE
Clay Dickinson: "O segmento hoteleiro apresenta muitas oportunidades de crescimento na América Latina"

Direto da Cidade do Panamá – As tendências chaves que impulsionam oportunidades de investimento na indústria de hospitalidade na América Lationa foi o tema da palestra que proferiu agora a pouco Clay Dickinson. Ele é Diretor geral para a América Latina e Caribe da JLL´s Hotels & Hospitality Group. Essa paletra faz parte da programação da conferência que a Wyndham promove no Wyndham Panamá Albrook Mall até amanhã para cerca de 200 convidados de várias partes da América Latina.

O público acompanha essa e outras palestras de forma bem confortável

Dickinson começou sua palestra revelando uma pesquisa que a JLL fez em conjunto com a Universidade George Washington para detectar as demandas hoteleiras na região da América Latina. Ele destacou que a análise é macro econômica para avaliar a grandeza do setor e mostrou semelhança do que está acontecendo hoje na hotelaria latino-americana, com o que aconteceu com a dos Estados Unidos nos anos 50, em que a atividade agrícola correspondia apenas 2% do faturamento do setor hoteleiro e hoje a realidade é outra.

Esse slide da palestra de Dickinson mostra como a hotelaria era em 2012 no Brasil, México Colômbia e Peru e como será em 2022

Tomando como exemplo a cidade de Parauapebas, no Pará, ele apresentou como uma grande indústria de mineração mudou os rumos da economia dessa cidade e criou condições de desenvolver a hotelaria, conforme demonstra a imagem abaixo apresentada em sua palestra.

Parauapebas no Pará foi um exemplo de como a hotelaria mudou nos últimos anos

Dickison apresentou também alguns dados da realidade hoteleira de 2012 no Brasil, Colômbia, México e Peru e a projeção até o ano de 2022. Nessa pesquisa Dickinson revelou que em 2012 no Brasil havia 270.300 UH´s e em 2022 será de 464.400. Na Colômbia em 2012 era de 36.000 e em 2022 será de 67.000. México em 2012 era de 314.600 e de 507.300 em 2022. Já o Peru era de 20.400 em 2012 e em 2022 será de 35.800.

Mais um slide da pesquisa apresentada por Dickinson em sua palestra

As mudanças do modelo de hotelaria independente e o crescimento de marcas globais também foram apresentadas nessa palestra de Dickinson que destacou também que a franquia é uma tendência irreversível na hotelaria global.

A reportagem da Revista Hotéis viaja ao Panamá de Copa Airlines a convite da  para cobrir esse evento e se hospeda no Wyndham Panamá Albrool Mall

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image