Fique AtualizadoÚltimas Notícias

Panorama Setorial de Parques e Entretenimento terá sua 2ª edição

Pesquisa deve ser preenchida por gestores dos empreendimentos até 29 de fevereiro

Parques e atrações turísticas de todo o Brasil começaram a receber, neste mês de fevereiro, a pesquisa que dimensionará o atual cenário da oferta do setor no País, bem como os futuros investimentos. Os dados coletados serão reunidos na segunda edição do estudo “Parques, atrações turísticas e entretenimento no Brasil – Panorama Setorial e novos investimentos”, realizado pelas duas associações do setor, Adibra (Associação Brasileira de Parques e Atrações) e SINDEPAT (Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas), e pela Noctua, especializada em inteligência de mercado em hospitalidade e entretenimento.

Publicidade
Ameris

A Presidente executiva do SINDEPAT, Carolina Negri, comenta que: “Defendemos que os parques e as atrações turísticas são indutores do desenvolvimento turístico porque observamos e vivenciamos isso nos destinos em que atuamos”, diz. “Agora estamos trabalhando pela consolidação de dados e estatísticas que comprovam isso, mostrando a importância econômica dos parques e atrações dentro do Turismo e do Turismo no PIB nacional”, acrescenta, destacando que a segunda edição do estudo permitirá iniciar uma série histórica comparativa de dados sobre visitação dos parques/atrações; criação de empregos diretos/indiretos; perfil da oferta; e investimentos, entre outras informações.

A Presidente da Adibra, Vanessa Costa, ressalta que “a primeira edição do estudo mostrou que o setor somava investimentos superiores a R$ 13 bilhões em inovações em parques instalados e novos projetos, além de responder por mais de 35 mil empregos diretos e outros 130 mil indiretos. Também apontava um mercado consumidor de 89 milhões de visitantes/ano no Brasil, número que temos certeza de que o novo estudo mostrará ter sido ultrapassado em 2023”.

Panorama Setorial de Parques e Entretenimento terá sua 2ª edição
Representantes da Adibra e SINDEPAT – Divulgação.
Publicidade
Desbravador

Para o Fundador da Noctua, Pedro Cypriano, a segunda edição do panorama setorial divide-se novamente em três grandes partes: a contextualização, com números globais do setor e índices nacionais; o mapa da oferta atual, no qual aparecem o perfil da demanda, a performance dos empreendimentos e as perspectivas e análises do setor; e a área dedicada aos novos investimentos. “Na primeira versão do estudo, mapeamos quase 500 empreendimentos, R$ 13 bilhões em investimentos e 63 novos projetos. Na nova edição, queremos ampliar o alcance do estudo para retratar cada vez com mais profundidade a relevância do entretenimento no Brasil”, diz. “Além dos efeitos diretos na economia, seu efeito multiplicador é imenso, com estímulo a hotéis, restaurantes, empresas de transporte e muitas outras atividades”, afirma.

Publicidade
APP da Revista Hoteis

A primeira edição do estudo identificou mais de 500 empresas espalhadas por 24 Estados e contou com a participação de 281 delas, preenchendo os formulários. Além disso, foram conduzidas pela Noctua mais de 25 entrevistas em profundidade com o C-level de grandes organizações instaladas e de alguns dos 63 projetos em desenvolvimento. “Acreditamos que esses números poderão ser ampliados para a segunda edição do estudo e estamos convidando reiteradamente o mercado a participar de nossa pesquisa. Quanto mais respondentes, mais fiel nosso estudo pode ser sobre o cenário dos parques e atrações no Brasil hoje”, defende Vanessa, da Adibra. A segunda edição do Panorama Setorial de Parques, Atrações e Entretenimento no Brasil será apresentada no SINDEPAT Summit 2024, em Foz do Iguaçu (PR), de 8 a 10 de maio.

Publicidade
Anuncie conosco

João Bernardes

João Bernardes é Repórter da Revista Hotéis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA