Publicidade
Simmons

Morada dos Canyons mostra que sustentabilidade também é sofisticação

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 1 minuto

A aplicação do conceito de sustentabilidade como estratégia de negócios na Pousada Morada dos Canyons, um empreendimento de luxo e requinte localizada entre as cidades de Praia Grande (SC) e Cambará do Sul (RS) , na Serra do Faxinal, no sul do Brasil, vem transformando o modo em que toda a cadeia do negócio atua, garantindo assim um ambiente integrado a atender as necessidades socioambientais, trazendo benefícios para a sociedade e gerando percepção de valor para a marca.

Publicidade
Engie

Messias Fernandes, Gerente geral da pousada explica como se deu essa conscientização, “este movimento se deu há cerca de um ano e meio atrás quando durante a pandemia encontramos um curso promovido pela Simbiose Inteligência Ambiental, onde a abordagem muito nos chamou atenção, porque de maneira muito simples e sutil pudemos perceber que era muito mais que possível trazer isso pra cá”. E complementa “naquele momento pudemos perceber que sustentabilidade já estava em nosso DNA, e o que faltava era apenas implantar estratégias que pudessem ser medidas, e de lá pra cá muita coisa foi feita” afirma Fernandes.

Morada dos Canyons mostra que sustentabilidade também é sofisticação

A Morada dos Canyons está a aproximadamente 650m de altitude e oferece uma visão privilegiada dos canyons – Foto Divulgação

Publicidade
Pikolin

O primeiro passo do empreendimento foi firmar a parceria com a Simbiose, para que pudesse avançar, tendo suporte e ferramentas que auxiliasse para as tomadas de decisões que os levaria ao próximo nível. Na prática, hoje a Morada dos Canyons possui programas voltado para o desenvolvimento humano de seus colaboradores, e também um software de gestão de performance em sustentabilidade que permite medir todas as ações e encontrar soluções para aquilo que precisa ser melhorado.  Sistemas de geração de energia através de fontes renováveis limpas, sistema de tratamento de efluentes biológicos, monitoramento da qualidade da água e gestão de resíduos são exemplos de tecnologias implementadas, visando a eficiência operacional sustentável. “E este é apenas o início. Iremos muito mais longe”, afirma o Sócio-diretor Thiago Marcelino.

Publicidade
Altenburg

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA