MatériasMercadoÚltimas Notícias

Coleção de arte em navio da Regent Seven Seas é aposta para a retomada; saiba mais

A Regent Seven Seas Cruises, linha mundial de cruzeiros marítimos, divulgou detalhes da coleção de arte do novo Seven Seas Splendor, inaugurado em fevereiro deste ano e avaliada em US$ 5 milhões. A curadoria das peças, que são originárias de artistas e galerias de todo o mundo, levou quase dois anos. A atração é um diferencial para apreciadores e fãs de arte que optarem – após o fim do isolamento social – por um dos cruzeiros oferecidos pela composição.

Publicidade
APP da Revista Hoteis

A coleção apresenta obras de mais de 200 artistas, incluindo:

  • Pablo Picasso (Litografia e Pintura): Le Taureau Noir e Notre Dame de Vie. As duas obras de Picasso estão em exibição no Prime 7 e na Regent Suite.
  • Eduardo Arranz-Bravo (Óleo sobre a tela): Bull, Adub e The Worker. Os trabalhos de Arranz-Bravo estão em exibição no Prime 7 e no Atrium.
  • Juan Roberto Diago (Mixed Media): Time Warrior e Miray. Os trabalhos de Diago estão em exibição no Coffee Connection.
  • Roberto Matta (Óleo sobre a tela): Ouvrez c’est Nous, de Matta, está em exibição no Atrium.
  • Wifredo Lam (Guache, pastel and charcoal no papel sobre a tela): O trabalho de Lam está em exibição na Regent Suite.
  • Duncan McClellan (Vidro): Alchemy Pair e Alchemy Pair. Duas esculturas de vidro sopradas à mão capturam o foco da conversa no Observation Lounge com cores impetuosas e curvas elegantes.
  • Joan Miró (Aquatint e Carborundum, Litografias): The Bullfighter Move e The Styx. As obras de Miró estão em exibição no Prime 7.
  • Alexander Krishonov (Escultura de bronze). A escultura de bronze de Krishonov está em exibição no Serene Spa & Wellness.
Ouvrez c’est Nous, de Matta, está em exibição no Atrium do navio (Foto: divulgação)

Refletindo uma coleção extensa e diversificada, com artistas modernos e clássicos, as obras estão inseridas em todas as áreas do Seven Seas Splendor, de restaurantes e lounges a corredores e banheiros, complementando o design de interiores do navio. A disposição das peças também segue as diretrizes de uma estratégia pensada para garantir o melhor posicionamento das peças e como elas aparecem no local escolhido.

Publicidade
Desbravador

Grandes e charmosos lustres, todos feitos sob medida, também fazem parte do seleto grupo de obras de arte presente no navio e contribuem para a sofisticada decoração do Splendor. Eles refletem a luz em um belo equilíbrio entre se destacar e encher a sala com calor e clareza.

Dragão que adorna o Pacific Rim, o sofisticado restaurante da composição (Foto: divulgação)

No total, há 216 lustres de cristal projetados em restaurantes, lounges e em outros espaços públicos no Seven Seas Splendor, com outros 119 lustres de cristal dentro das espaçosas suítes e 218 lustres iluminando os corredores do navio.

Publicidade
Clima ao Vivo

Para conhecer um pouquinho mais sobre o Seven Seas Splendor durante o período de isolamento social, a Regent Seven Seas Cruises, disponibilizou em seu site, um tour em 3D pelas suítes do navio.

Publicidade
Harus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA