AconteceuMatériasÚltimas Notícias

Atendimento pós venda no timeshare é debatido no Top Seller da RCI

Direto de Mata de São João (BA) – Quem moderou este painel promovido pela RCI — Resort Condominium International que terminou agora há pouco o Complexo Costa de Sauípe, em Mata de São João, na Bahia, foi Luciana Kuzuhara, Diretora de hospitalidade da Wyndham Club Brasil e contou com a presença de: João Paulo do Beach Park Vacation Club, Fernando Deonisio, Rio Quente Vacation Club, Silvana Baraibar da RCI Brasil e Thaiz Lima, da New Time Consultoria.

João Paulo começou o painel destacando que existe um princípio básico no relacionamento comercial que é a vontade de servir o cliente. “Hoje em dia o cliente manda no negócio e ele deve receber aquilo que foi prometido na venda, pois ele está muito antenado em redes sociais. Numa venda sustentável se faz um pós venda rápido e eficiente para resolver o problema do cliente e em alguns casos ele te contata através de whatapp”, destaca João Paulo.

E esta tecnologia que o cliente utiliza de forma rápida para contato pode gerar alguns problemas. Para Fernando Deonisio encantar um cliente num pós venda quando está vendo, é fácil, mas encantar um cliente que você não está vendo e que te contata por mídias sociais, é um grande desafio. O segredo é vender de forma transparente, assegurar que o cliente entendeu a venda. Com isto, diminuímos de forma acentuada o cancelamento e facilita o trabalho do pós venda”, assegura Deonisio.

Os painelistas demonstraram muito conhecimento em lidar com questões de pós vendas
Os painelistas demonstraram muito conhecimento em lidar com questões de pós vendas

Silvana Baraibar explicou a diferença entre um vendedor e um facilitador de experiência. “A diferença está na mensagem de como nos comunicamos com os associados e quais os canais que utilizamos. Geramos magia, facilitamos experiências para a realização de sonhos com nosso conhecimento. Mas isto exige atitude e vontade de servir”, destaca Silvana.

Publicidade
Harus

Thaiz Linz contou algumas experiências que teve no Grupo diRoma. “Quando os hóspedes chegavam nos apartamentos eles encontravam alguns mimos e uma carta agradecendo por ser associado ao club de férias. Já nas salas de vendas conseguia extrair deles algumas informações, como datas festivas, como de aniversário e casamento. Com isto, registrava na base de dados e enviava e-mails personalizados. Isto cria uma situação de muita empatia. Fazer a diferença no relacionamento são nossas metas”, assegurou Thaiz.

Venda mal feita

João Paulo destacou que muitos conflitos que caem no seu setor de pós vendas, é uma venda mal feita. “Por impulso o cliente costuma adquirir um produto numa sala de vendas sem entender exatamente o que foi adquirido. Cabe a nós do pós vendas rever a falha e explicar ao cliente exatamente o que ele adquiriu. Em muitos casos conseguimos convencê-lo, mas se houver muita relutância do produto em ficar com o produto, é inevitável o cancelamento.

A reportagem da Revista Hotéis viaja a Costa do Sauípe a convite da RCI para cobrir este evento.

Publicidade
Desbravador

Edgar J. Oliveira

Diretor editorial - Possui 31 anos de formação em jornalismo e já trabalhou em grandes empresas nacionais em diferentes setores da comunicação como: rádio, assessoria de imprensa, agência de publicidade e já foi Editor chefe de várias mídias como: jornal de bairro, revista voltada a construção, a telecomunicações, concessões rodoviárias, logística e atualmente na hotelaria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA