HOME Matérias Rede Swan Hotéis aposta no crescimento no número de moradores em suas...

Rede Swan Hotéis aposta no crescimento no número de moradores em suas unidades

101
0
SHARE
O aspecto da segurança é um dos fatores que têm levado pessoas a optarem por viver em hotéis - Foto: divulgação

Um dos pilares da hotelaria que deverá apresentar incremento significativo em 2019, segundo os hotéis Swan, será o de moradores. A rede, que hoje tem em torno de 40 moradores fixos em suas cinco unidades no estado do Rio Grande do Sul, acredita nesta tendência e se prepara para isto.

A Diretora Operacional da rede hoteleira, Gabriela Schwan Poltronieri, afirma que as pessoas estão cada vez mais em busca de comodidade e serviços, sem o compromisso de ter que administrar uma casa. “Os moradores dos hotéis da Rede Swan são, em sua maioria, casais sem filhos e pessoas solteiras. E muitas são mulheres, que querem a tranquilidade de ter sua unidade sempre limpa e conservada”, diz.

O aspecto da segurança também é um dos fatores que têm levado as pessoas a optarem por viver em hotéis. A questão econômica é outro ponto, uma vez que o morador é responsável unicamente pelo pagamento do valor mensal, sem preocupações com custos extras de manutenção predial, zeladoria, condomínio, segurança ou limpeza.

Com 25 anos de existência, a Rede Swan Hotéis tem cinco unidades no Rio Grande do Sul e quatro em Portugal. A rede nasceu em Novo Hamburgo, onde mantém o Swan Tower. Em Porto Alegre são duas unidades – na Cristóvão Colombo e na 24 de outubro -, em Caxias do Sul e em Rio Grande.

Em 2015, a rede iniciou suas operações em Portugal, com a inauguração da Casa do Mercado, em Lisboa. Em seguida vieram as três unidades de Sintra, cidade distante 40 km da capital – Palácio de Sintra, Casa do Vinho e Casa dos Santos. Na Europa, a rede está focada na hotelaria estilo guest house, com poucos quartos e serviço personalizado. A empresa investiu em prédios históricos, de pequenas dimensões, no coração de cada uma das cidades. Todas as unidades, tanto no Brasil quanto em Portugal são Pet Friendly.

Gabriela Schwan Poltronieri, Diretora Operacional da rede Swan de Hotéis – Foto: divulgação