MercadoÚltimas Notícias

Por que viajar para a cidade do Rio de Janeiro faz muito bem?

Artigo de Adriano Ferreira* – No mês passado, fui a cidade do Rio de Janeiro que tem uma urbanização gigante e no mesmo espaço uma presença intensa da natureza. Será que eu ia gostar de um lugar grandiosamente urbanizado, mesmo cercado de belezas naturais? Pois meu querido leitor ou leitora, saiba que eu até tinha me esquecido do quão bom e agradável é estar perto de belas paisagens naturais, que até faz a gente se esquecer que está em uma metrópole.

Publicidade
Ameris

Eu fiquei uns dias hospedado na região Central da cidade, no bairro da Lapa, no confortável hotel Days Inn Rio Lapa que tem um café da manhã completo e delicioso no estilo sirva-se à vontade. O prédio fica a minutos a pé de dois cartões-postais icônicos: Os Arcos da Lapa (a 4 minutos), um monumento que servia para transportar água de uma região para outra, e a famosa escada Selarón (a 10 minutos) que, sinceramente, não gostei por causa pela falta de cuidado da prefeitura em não evitar o odor forte de urina em um lugar muito visitado.

Consegui respirar um ar mais agradável quando aproveitei a proximidade do Days Inn Rio Lapa para andar de bicicleta no aterro do Flamengo. Que é lindo! Você tem a vista do Pão de Açúcar da praia e de brinde leva uma brisa refrescante. De tanto pedalar cansei, mas é aquele tipo de cansaço prazeroso que todo mundo gosta de sentir.

Por que nos sentimos tão bem quando nos movimentamos em um lugar repleto de paisagens naturais? De acordo com Eduardo Rauen, especialista em exercício e esporte pela SBMEE  – Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte, existem algumas evidências científicas de que a atividade física ao ar livre pode ter mais benefícios para a saúde mental por causa da exposição à luz natural e à natureza, que acabam influenciando na melhoria do humor e do bem-estar geral.

Publicidade
GTA

A zona sul do Rio de Janeiro é outra surra de beleza. A faixa extensa de areia da praia de Copacabana e as diversas quadras de vôlei e futebol se tornam um convite para se exercitar. Ali pertinho fica a famosa praia de Ipanema e mais para frente a do Leblon.

O Sky Leme Rooftop & Lounge tem um bar com uma vista incrível – Foto – Divulgação

Uma cidade grande oferece opções diversas que podem contradizer aquele ditado: “O barato sai caro”. Fui num restaurante em Copacabana que, no menu, oferecia churrasco. Quando as carnes chegam: elas tinham sido assadas na chapa e eu quase caí da cadeira quando vi isso. Então aprendi que, no Rio de Janeiro, se eu quiser churrasco, tenho que ir a uma churrascaria.

Publicidade
Clima ao Vivo

Fazendo uma comparação, o prato feito que paguei R$ 17,00 na Lapa foi mais saboroso do que o “churrasco” que ainda veio com um vinagrete azedo por R$ 60,00. Agora deixando de lado as experiências gastronômicas, também pude apreciar uma vista panorâmica sensacional da praia e da pedra do Leme. Aproveitei essa paisagem vendo tudo de cima em um fim de tarde no rooftop (tipo de terraço) do hotel Novotel Leme que é intermediado pela Hurb.

Por que viajar para a cidade do Rio de Janeiro faz muito bem?

O espaço a céu aberto, que tem entrada gratuita, é chamado de Sky Leme Rooftop & Lounge, e foi eleito o melhor do Rio de Janeiro de acordo a publicação internacional Rooftop Guide, especializada em avaliar espaços como esses.

No geral fiquei satisfeito de ter aproveitado tanto sem sair do meio de uma cidade grande e efervescente que não deixa de oferecer todas as diversidades para quem quer comer, beber, passear e até fazer uma oração, de frente para o mar de preferência.

*Adriano Ferreira é autor do e-book “As Aventuras de um Jovem Chamado Adriano Ferreira” que vai ser lançado como livro neste ano. No Instagram @diano_ferreira, o escritor/viajante posta os diversos lugares que conhece.

 

 

Publicidade
Harus

Edgar J. Oliveira

Diretor editorial - Possui 31 anos de formação em jornalismo e já trabalhou em grandes empresas nacionais em diferentes setores da comunicação como: rádio, assessoria de imprensa, agência de publicidade e já foi Editor chefe de várias mídias como: jornal de bairro, revista voltada a construção, a telecomunicações, concessões rodoviárias, logística e atualmente na hotelaria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA