Fique AtualizadoÚltimas Notícias

Em São Paulo, taxa de ocupação cai e diária média sobe

A 28ª edição da pesquisa da série exclusiva realizada pela ABIH – SP – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis seção São Paulo, traz o resumo do desempenho da Hotelaria Paulista no mês de outubro/22. Apresenta, também, breve análise dos resultados e momento do mercado. Houve pequena retração na taxa de ocupação, mas a diária média sofreu elevação, com reflexo positivo no RevPar.

Publicidade
Desbravador

 

Na comparação com setembro/22, apenas 5 MRTs apresentaram variação positiva na taxa de ocupação. O impacto das eleições no mês de outubro e feriado no meio da semana podem ter contribuído para esta retração.

O setor hoteleiro ainda apresenta quadro de recuperação de suas perdas e tende a manter estabilidade de demanda, por conta do fim da pandemia, cenário econômico e forte demanda represada.

Este foi o primeiro mês de toda a série histórica em que houve resultado de todas as 16 MRTs definidas no estudo. Este retorno reforça a importância desta ação.

Neste estudo de outubro/22, foi adotado um ajuste das definições das regiões, por conta da amostragem colhida e do volume de respostas fornecidos pelos participantes. Conta com 16 Macrorregiões Turísticas e algumas delas exibem variações em relação às definidas pela Secretaria de Turismo do Estado de SP.

Publicidade
Carbono Free
Indicadores iniciais da amostragem com base nas respostas

Foi registrado o retorno dos hotéis de 16 MRTs do Estado – 100% do total. A representatividade alcançou 645 municípios ou 100% do total do Estado. Foram 111.861 Uhs referentes aos municípios que responderam à pesquisa – o que significa 61,74% do total do Estado. O total de respostas de 118 hotéis representa 3,64% do total de hotéis do Estado. Isso equivale a 14.323 Unidades Habitacionais ou 12,80% do total respondido.

Os três principais indicadores do mês de outubro/22

A taxa de ocupação do Estado de SP, em outubro/22, ficou em 61,42%. Acumulado do ano: 57,35%. A diária média do Estado marcou R$ 353,76, enquanto o acumulado do ano chegou a R$ 309,90. RevPar acumulado no Estado, em outubro/22: R$ 217,78. E o acumulado do ano totalizou R$ 179,26.

Indicadores de Desempenho

Taxa de ocupação do Estado em outubro/22 – 61,42%. Variação negativa em relação a setembro/22 – 0,89%. A outubro/19: negativa de -9,10%. A outubro/20: 109,98%. E a outubro/21: 22,16%.

Diária média do Estado em outubro/22: R$ 353,76. Variação em relação a setembro/22: 4,06%. Em relação a outubro/19: 12,47%. A outubro/20: 47,70%. E a outubro/21: 37,14%.

Publicidade
Tramontina

RevPar do estado em Outubro/22: R$ 217,28. Variação em relação a Setembro/22: 3,14%. A outubro/19: 2,24%. A outubro/20: 210,14%. E a outubro/21: 67,52%.

Neste mês de outubro, a relação de funcionários X Uhs disponíveis não apresentou recuperação dos postos de trabalho. Assim, esse indicador aponta para estagnação na reposição dos postos de trabalhos perdidos na pandemia.

A ABIH-SP é presidida por Ricardo Roman Jr. O desenvolvimento do projeto da presente pesquisa e a edição do conteúdo são de Roberto Gracioso, que integra o Conselho Fiscal da entidade. A Gerente operacional Gláucia Sangiovanni é a responsável pela coleta, tratamento e administração de dados.

Confira a íntegra do relatório com tabelas e gráficos, clicando aqui.

Publicidade
Clima ao Vivo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA