HOME Matérias Yoo2 Rio fecha 2018 com crescimento de 13,2% comparado ao ano anterior

Yoo2 Rio fecha 2018 com crescimento de 13,2% comparado ao ano anterior

59
0
SHARE
Vista do Yoo2 Rio de Janeiro

Apesar da crise hoteleira na capital fluminense, que ocasionou mais de 10 fechamentos de hotéis desde as Olimpíadas de 2016, o Yoo2 Rio de Janeiro by Intercity encerrou 2018 com resultados positivos. Cresceu 13,2% no faturamento, se comparado ao mesmo período (de janeiro a dezembro) de 2017, e fechou as contas com R$ 16,5 milhões frente a R$ 14,9 mi do ano anterior. A taxa de ocupação também teve acréscimo: se no ano passado o saldo avançou para 61,79%, em 2017 a taxa foi de 57% (aumento de 8,2%). Outro indicador expressivo foi o do crescimento de 14% em receita produzida por quarto (RevPar).

Em Revpar, o Yoo2 aumentou mais que o dobro se comparado ao mercado upscale no Rio (6,5% de crescimento em 2018). De acordo com dados divulgados pelo FOHB – Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil -, este último resultado caiu 1,8% no mercado geral do Rio. A taxa de ocupação média na cidade, em 2018, foi de 51% (com aumento de 6,5% em relação ao ano anterior).

Os números positivos são resultado de uma estratégia que buscou equilíbrio entre diária média versus ocupação. “Temos um produto que foge do óbvio na capital fluminense. Além da vista encantadora, onde de um lado temos o Pão de Açúcar e do outro o Cristo Redentor, o que nos beneficia é a localização e o lifestyle por trás da marca”, explica um dos diretores executivos da ICH – Intercity Hoteis -, Marcelo Marinho, empresa responsável pela administração e proprietária do hotel junto com o fundo Pylos.

Segundo análise do hotel, o último trimestre foi o melhor do ano, havendo ampliação na taxa-média de ocupação após a realização daYoo2 Experience, evento reservado para convidados com objetivo de proporcionar experiência total sobre a marca, desde acomodações, música e arte até experiências gastronômicas. “Em sua terceira edição o evento já se firma no calendário carioca e fomenta o reconhecimento e desejo do hotel”, afirma Marinho. Em 2019, a perspectiva é crescer em receita, focando em novas contas internacionais e retomada da economia doméstica.

“Temos um orçamento otimista e acabamos de ampliar o hotel em mais um andar, disponibilizando 12 novos apartamentos, agora em 2019”, explica o Diretor Geral e fundador da ICH Administração de Hotéis, Alexandre Gehlen. A previsão do Yoo2 Rio de Janeiro é crescer neste ano 13% em venda dos quartos, 3% em diária média, 7% em RevPar (receita produzida por quarto) e 14% o faturamento.

SHARE