Publicidade
Coronavirus

Vendas e Marketing na era digital é tema de palestra no evento da Interval

Na nova era de vendas e marketing, as ferramentas digitais criam
novos métodos de geração de leads (clientes) e estratégias de
sucesso que se somam ao arsenal tradicional de tours, mini-férias
e OPCs. Mas elas também podem gerar dúvidas e aumentar a
concorrência. Líderes em marketing e mídia digital compartilharam com os participantes da 3ª Conferência Internacional de Investimento em Propriedade Compartilhada, promovida pela Interval International no hotel Pullman São Paulo Vila Olímpia, como evitar os ruídos e aproveitar ao máximo as mídias sociais e outros novos meios de comunicação.

Publicidade
Saga System

O painel contou com a presença de Renato Campos, Diretor de vendas da Live Better Brasil; Graziane Camargo, Diretora da Enjoy Share; e Vinícius de Sá Barboza, Diretor do propriedadescompartilhadas.com. A moderação foi de George Daou, Gerente de novos negócios da Interval International.

Graziane Camargo, Diretora da Enjoy Share

Para começar os trabalhos dessa rodada, o mediador Daou apresentou os convidados e quis saber os modelos de captação on-line das companhias. “Acredito na criação de leads on-line mas na internet você tem de atingir o cliente no que ele está buscando, do contrário você não vai captá-lo. Se eu tenho uma pessoa abordando e mostrando os produtos pessoalmente, eu consigo outros resultados, bem mais expressivos”, opinou Graziane.

Publicidade
APP da Revista Hoteis

De acordo com Renato Campos, “o grande segredo dessa indústria é ter casal em sala de vendas, é ter solteiros, todos os perfis. Acredito no on-line mais no sentido de se utilizar espaços como o Reclame Aqui, embora eu não descarte as vendas pela internet”.

Vinicius de Sa Barboza, Diretor da Propriedadescompartilhadas.com

Vinícius Barboza afirmou que acredita em campanhas nas redes sociais como Facebook, Instagram e Twitter. Campos complementou que “hoje o Facebook e o Instagram têm políticas de privacidade diferentes do que eram cinco anos atrás. É muito difícil trabalhar nisso hoje”.

Desafios

No momento seguinte, o mediador quis saber dos convidados quais os principais desafios encontrados pelas empresas no cotidiano de suas operações. “Temos um projeto que está vendendo, em Palmas, no Tocantins, que é um no qual trouxemos muitas pessoas de fora e nosso desafio é incutir nessas pessoas a cultura da empresa. Criar e fomentar a identidade do projeto, fazer com que essa pessoa tenha esse comprometimento”, disse Campos.

Renato Campos, Diretor de Vendas da Live Better Brasil

De acordo com o profissional, a Live Better Brasil está desenvolvendo treinamentos on-line para a capacitação de profissionais. “Até o final do ano deve estar totalmente implementado”. observou.

Publicidade
RAP Engenharia

O respeito ao cliente foi novamente destacado por Graziane que afirmou que: “melhor é o cliente sair da sala sem comprar do que sair com uma má impressão da equipe e da empresa. Afinal nós formamos pessoas. Queremos uma venda de impacto, emocional, racional e feita com respeito. Minha dica é contratar pessoas que nunca tiveram experiência anterior no segmento”, ressaltou, observando ainda que, dentro das salas da Enjoy Share não existe turn-over. “Não trabalhamos com liner e closer, porque você acaba tirando a responsabilidade da venda do profissional, além de fomentar uma guerra de egos entre os colaboradores. Trabalhamos com consultores que fecham a venda do início ao fim”, completou a executiva.

Publicidade
GRI Hotéis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image