Publicidade
Trofeu fornecedor

Venda do Tivoli Ecoresidences Praia do Forte deverá arrecadar R$ 70 milhões

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 1 minuto

O grupo Tivoli Hotels & Resorts  espera arrecadar cerca de R$ 70 milhões com a venda do condomínio Tivoli Ecoresidences Praia do Forte (Bahia), seu primeiro empreendimento imobiliário no Brasil. Ele ocupa 10% de uma área de 150 mil m² de preservação ambiental e terá 42 casas que se integram perfeitamente à paisagem natural com uma forte preocupação ambiental. As casas serão construídas ao lado do Tivoli Eco Resort Praia do Forte e variam de 320 a 650 m² de área privativa, com preços entre R$ 1,6 milhão a R$ 2,8 milhões, foram projetadas pelo escritório Bernardes & Jacobsen Arquitetura e o projeto paisagístico foi desenvolvido por Fernando Chacel. “Nossa expectativa inicial era que a grande procura por estas casas fossem por estrangeiros em busca de segunda residência, mas das 11 casas vendidas até agora, 10 são de moradores de Salvador e somente uma para um investidor brasileiro que mora nos Estados Unidos. Nossa estimativa é estas casas sejam comercializadas para brasileiros e contabilize cerca de R$ 70 milhões”, assegura Bernard Mercier (Foto), Diretor Regional de Operações Brasil do Tivoli Hotels.
Para assegurar isto, o grupo Tivoli prepara um roadshow nos próximos dois meses pelas cidades de Belo Horizonte (MG), Brasília (DF) e Rio de Janeiro (RJ) para apresentar o Tivoli Ecoresidences Praia do Forte e a expectativa é que até dezembro deste ano 50% do projeto já esteja comercializado. As obras devem começar no próximo mês de julho e previsão de conclusão no início de 2012.
Um grande diferencial que o Condomínio apresenta é que ele estará integrado ao Tivoli Ecoresort e os moradores poderão utilizar toda a infraestrutura de serviços e entretenimento como as oito piscinas, quadras de tênis e quadra de vôlei, anfiteatro, sala de massagem e o fitness center. Alguns dos serviços seguirão o sistema pay-per-use. Para assegurar o conforto, todo o trajeto entre o condomínio e o hotel será feito por carrinhos de golfe e os hóspedes serão incentivados a reduzir o impacto ambiental.

Publicidade
APP da Revista Hoteis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA