Publicidade
Retomada do turismo

Vanessa Morales, Presidente da ABIH/GO, defende a liberação de bingos e cassinos

Essa liberação é uma das propostas defendidas pela chapa ‘Renovação e União’ que concorre às eleições da Presidência da ABIH Nacional – Associação Brasileira da Indústria Hoteleira. A chapa tem como líder Vanessa Morales, atual presidente da ABIH-GO – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Goiás. O projeto que libera os jogos de bingo e cassinos no Brasil está em fase adiantada de discussão no Senado Federal e deve ser analisado pelo plenário e seguir para a sanção presidencial ainda este ano. “A não regulamentação favorece o crime e a ilegalidade. Todos os anos o Governo Federal deixa de arrecadar cerca de R$ 29 bilhões ao não legalizar apostas. Isso num período de três anos”, afirma Vanessa Morales, candidata a presidência da ABIH Nacional na eleição que acontece hoje em Brasília (DF).

Publicidade
Harus

A legalização dos cassinos no Brasil poderia alavancar muitos recursos a hotelaria nacional e vários advogados como Murillo Arakaki defende a aprovação

Empresários do ramo hoteleiro acreditam que a liberação dos jogos no Brasil, além de aumentar a arrecadação de tributos para o governo, seria ainda uma forma de impulsionar a geração de empregos, podendo chegar em torno de 700 mil vagas. “É mais um atrativo turístico para reforçar o turismo no nosso país, além de trazer mais investidores para o mercado hoteleiro no Brasil”, explica a candidata.

Publicidade
APP da Revista Hoteis

Enquanto o debate prossegue em Brasília, um mercado bilionário opera à margem da lei. Segundo dados do IJL – Instituto Jogo Legal, o jogo do bicho, considerado uma contravenção penal, movimenta anualmente cerca de R$ 12 bilhões com apostas sem nenhum tipo de supervisão do Estado. No Senado, as discussões são controversas. De um lado a bancada defende a legalização sobre o viés econômico. Nessa perspectiva, parlamentares defendem que o dinheiro arrecadado poderia ser um ‘respiro’ em tempos de vacas magras provocados pela crise financeira. Do outro lado, no entanto, está a bancada mais conservadora que é contrária a legalização por questões morais. A candidata à presidência da ABIH sabe que o tema é controverso. “Sabemos que é um assunto polêmico e que deve ser regulamentado”, afirma Vanessa.

Caldas Novas podetia ser muito beneficiada com a legalização de bingos e cassinos nos hotéis – Crédito da foto – Prefeitura de Caldas Novas

Publicidade
Continuum

Aquecimento na hotelaria

A liberação dos jogos no Brasil deve impulsionar principalmente o setor hoteleiro, que está se recuperando a passos lentos da crise iniciada em 2014. Os jogos do bicho, bingo e cassino estão proibidos no país desde 1946. A possibilidade de liberação por meio da PLS 186/2014 que tramita no Senado já fez surtir o interesse de grandes redes internacionais de cassinos. Empresários de cidades do Brasil como Caldas Novas (GO), por exemplo, espera que o município se torne a Las Vegas brasileira.

Publicidade
RAP Engenharia

Comments

Avatar
Paulo Sergio Cionci Cavalcanti

Não aguento mais esperar pela liberação dos jogos no Brasil,, nestes últimos três anos fui aproximadamente três vezes para Foz, uma para Buenos Aires e uma para Montevideo ,
para jogar obviamente jogar em pesos muito mais barato pois para mim e a única diversão e dentro sempre da minha disponibilidade,.
Porem a passagem e a estadia aumentaram muito com isto esta ficando inviável viajar ,por isto eu estou ansioso pela liberação pois tenho 68 anos de idade sou aposentado,
QUE VENHA A LIBERAÇÃO DOS JOGOS.VENHA JÁ ,estou no aguardo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image