Publicidade
Travel Tech

TV´s de LCD conquistam o mercado hoteleiro

Matéria publicada na edição 73, dezembro de 2008 e janeiro de 2009

 

Esta tecnologia que era restrita a hotéis de padrão superior e luxo é agora uma necessidade de hotéis de todos os portes para se manterem competitivos no mercado

 

Há poucos anos atrás as TV´s de tela plana eram uma referência e o que existe de mais avançado para os hotéis considerados padrão superior ou luxo oferecerem  aos seus clientes. Geralmente as de 29 e 34 polegadas eram ostentadas com orgulho num imponente móvel de madeira maciça talhada que ocupava um espaço considerado nos apartamentos e muitos hotéis se orgulhavam de mencionar as TV´s de tela plana em seus prospectos de venda, como um grande diferencial competitivo para atrair e fidelizar os hóspedes. Com a estabilidade da economia e a defasagem cambial, a maioria dos fabricantes resolveram apostar nas TV´s de tela plana e LCD para inovar o mercado e começou a popularização destas TV´s. Alguns hotéis percebendo que isto era uma necessidade para se posicionar de forma mais competitiva no mercado começaram a investir e a maioria optou por LCD. Alguns hotéis mais conservadores ou que não podem adquirir a nova tecnologia ainda persistem em manter o móvel de madeira maciça e ostentar a TV de tela plana. Mas o que eles não percebem é que TV de plasma ou mesmo LCD já não é mais restrita a hotéis padrão superior ou luxo, pois existe uma crescente procura desta tecnologia por pequenas pousadas ou mesmo hotéis padrão econômico.
 
A medida que vai aproximando a copa do mundo de 2014, aumenta ainda mais esta procura.  “Com a popularização das TV´s de LCD´s nas residências, os hóspedes passaram a exigir esta mesma tecnologia nos hotéis em que estão hospedados. Ciente desta necessidade, existe uma grande procura dos meios de hospedagens, desde simples pousadas a grandes hotéis de luxo, para implantaram LCD´s nos apartamentos, pois isto é de vital importância para o empreendimento hoteleiro se manter competitivo no mercado. Além disto, existe a redução no consumo de energia elétrica e a economia de espaço, pois as TV´s de LCD podem ser fixadas na parede e não necessitam de móvel para se apoiar”, destaca Rodrigo Fiani, Gerente comercial da LG Eletronics.
De acordo com Paulo Mancio, da Diretoria técnica de implantação da Accor Hotels na América Latina, TV´s de LCD nos hotéis é uma tendência mundial irreversível.  “A TV de LCD estará presente em todos os cerca de 40 hotéis Accor, em construção na nossa região, a exceção dos F1 que somente terão LCD na próxima geração que começa a ser desenvolvida a partir de 2009 ou 2010. A TV de LCD ocupa menos espaço, pois não precisamos colocar mais um móvel específico. Agrega também a qualidade de imagem e som digitais e ainda integra a tecnologia de IP TV onde poderemos, em breve, disponibilizar serviços. Além disto, existe o efeito estético, a LCD é menos agressiva, alia elegância, beleza e modernidade ao apartamento. Segundo Mancio, no Ibis que é padrão econômico, estão implantadas TV´s de LCD de  22”, e os demais produtos Accor, Mercure e Novotel (Padrões Mid-scale) contam com TVs LCD de 26” nos aptos e 42” nas suítes. No Sofitel, que é padrão luxo, é utilizada as TV´s de LCD de 32” e 42”.

Qual a melhor escolha, LCD ou Plasma?
As tecnologias de plasma e LCD chegaram praticamente juntas ao mercado e muitas pessoas não sabem a diferença entre elas e fica uma questão quase que existencial a ser resolvida: Plasma ou LCD? Para quem entende, a resposta é rápida e baseada em critérios técnicos. Para Francisco Santos, Diretor da Padrão Argil Empreendimentos, que é uma das mais atuantes empresas de implantação hoteleira do mercado e no momento está implantando de forma simultânea 11 novos hotéis em várias partes do Brasil tem experiência de sobra para saber a melhor escolha.  “Obviamente que a opção por trocar a TV convencional pela LCD além de ser uma modernidade e adequação com nosso tempo, como também você agrega valor ao seu produto, pois um apto com TV LCD é um diferencial que pode fidelizar um hospede. Em cima do orçamento que temos disponível para a implantação do empreendimento, temos que avaliar e testar diferentes fabricantes para oferecer o melhor aos nossos clientes e o critério que adotamos é o seguinte: A imagem é o principal fator na avaliação, o produto deve ter um contraste muito bom, e para testar isso quanto maior o contraste melhor à imagem. Isso é medido através de uma escala de contraste, alguns fabricantes chegam a ter na escala 9000×1 de contraste, (que é taxa de contraste determina o nível de graduações do branco sobre o preto) e quanto maior a taxa de contraste, maior e a capacidade do televisor exibir graduações de cores. Nossa sugestão é que o contraste não seja inferior a 5.000 x1. O segundo fator é o brilho. Essa avaliação é feita através de uma tabela que mede as candeias por metro quadrado. Por exemplo, um bom equipamento que já medimos chegou a 800 candeias x metro quadrado e a pior chegou a 500 candeias por metro. O terceiro fator importante é o som. Esse item é facilmente testado colocando em funcionamento. É avaliado a potencia do aparelho em watts, pois um bom equipamento chega  a 10Watss e um equipamento inferior possui 2 Watts. Outro fator importante é o preço. Veja que na minha tabela de importância/prioridades eu deixo o preço por último, pois não adianta o equipamento ser barato, se ele distorce a imagem, não tem brilho e um som defeituoso. Então se você priorizar o preço em sua decisão você vai adquirir um equipamento que vai te trazer problemas e você acaba chegando aquela máxima que  o barato sai caro”, garante Santos.

Diferença técnica entre plasma ou LCD
Tecnicamente, a diferença fundamental entre os dois tipos de tela é que as de plasma emitem luz individualmente em cada ponto da tela, graças a “células” de gás neon e xenônio, enquanto o brilho de uma TV de LCD depende do famoso “backlight”, uma fonte de iluminação posicionada atrás da tela e que consome mais energia que o próprio painel. Em ambos os casos, cada pontinho da tela, ou pixel (contração de picture element, como nas fotos digitais), é composto por três “subpixels” agrupados: um vermelho, um verde e um azul, as componentes do sistema RGB (red, green, blue). Nos LCDs, o cristal líquido que lhe dá o nome (LCD=Liquid Crystal Display) controla a passagem de luz – ambiente, nos reflexivos, do backlight, nos transmissivos, e ambas, nos transflectivos – em cada um dos subpixels.
Os plasmas também saem na frente no contraste (apesar de os números divulgados por alguns fabricantes serem altamente questionáveis, às vezes medidos sem a camada frontal de vidro da televisão) e produzem pretos mais pretos que os do LCD, meio acinzentados. Os LCDs costumam ter mais brilho que os plasmas, tornando-se mais adequados para ambientes muito claros, mas de modo geral, a reprodução de cores dos plasmas é mais ampla e precisa. Já quando o assunto é resolução, a definição das imagens na tela, a vantagem passa para os LCDs. Sua tecnologia, a mesma dos monitores de computador (os fininhos, claro), é capaz de exibir muito mais pontinhos e com maior precisão. Em parte por conta disso, as TVs de LCD atualmente disponíveis são quase todas prontas para a televisão de alta-definição (HDTV), enquanto os plasmas mais baratos, por mais que se digam “preparados para HDTV” não são capazes de atingir a resolução que as transmissões do futuro prevêem. Em muitos casos, “preparados” significa apenas que conseguirão converter os sinais de HDTV para a resolução (inferior) que conseguem exibir.

Sobrevivência do negócio hotel
Hoje em dia, é de vital importância até mesmo para a sobrevivência do “negócio hotel” ter uma TV de alta tecnologia, seja de plasma ou LCD e nesta disputa de tecnologia, a LCD conquistou o mercado, pois o leque de opções e modelos dos fabricantes é maior para LCD.  De acordo com Daniel Ribeiro, Gerente de vendas e novos negócios da Samsung, as TV´s de LCD são mais indicadas para quartos de hotéis, pois oferecem maior variedade de telas e menor consumo de energia, o que acaba sendo um custo interessante para o hotel e a maior procura é por modelos de 26” e 32”. Por outro lado, as TV´s de Plasma por terem telas maiores, chegando a 63”, são mais indicadas para áreas sociais e de eventos dos hotéis, pois estes ambientes possuem menos luminosidade e o plasma prevalece em relação a LCD. Segundo Ribeiro, a Samsung está com uma postura de vendas bem agressiva na hotelaria e disponibiliza 17 modelos de LCD que variam de 19” até 52” classificadas em quatro séries. “Nos últimos meses fechamos contratos de fornecimento de TV´s para importantes hotéis do Brasil, entre eles estão ícones da hotelaria de luxo em São Paulo, como o Emiliano, Unique e Transamérica, assim como acabamos de fechar um contrato com o Grand Hyatt São Paulo. Entre outros hotéis que fechamos contratos nos últimos meses estão o Blue Tree de Lins (SP), o Quality de Curitiba e o Sonesta de São Paulo. Em breve teremos novos contratos sendo fechados, pois o mercado hoteleiro reconhece e aprova a alta tecnologia e qualidade de nossos produtos”, ressalta Ribeiro. 
Outra empresa coreana que possui uma forte atuação no mercado de TV´s e um grande foco na hotelaria é a LG Eletronics. A empresa é uma das mais atuantes no segmento hoteleiro, graças a uma divisão específica que mantém, a alta tecnologia dos produtos e o suporte pós venda oferecido. “Nós estamos atentos às necessidades do mercado hoteleiro que é bem exigente e necessita de produtos específicos e de alta tecnologia para atender com conforto e comodidade aos mais exigentes hóspedes. Uma das exigências e que todas nossas TV´s direcionadas a hotelaria possuem é o dispositivo batizado de modo hotel em que se pode regular de forma fácil e rápida a cor, brilho, contraste e som. Temos muitos outros recursos que são utilizados nas TV´s de hotéis dos Estados Unidos e que podemos trazer para o Brasil e agregar muito valor a diária dos hotéis e ainda facilitar a manutenção, como exemplo, o link loader, um dispositivo que regula de forma rápida, brilho, cor, contraste e som de várias TV´s e o RJP, um extensor de conectividade as TV´s”, destaca Fiani.

Cada hotel tem uma necessidade específica
Segundo ele, a LG disponibiliza ao mercado TV´s de LCD de 22 a 52 polegadas e TV´s de plasma a partir de 32 polegadas chegando a 60 polegadas.  “Mesmo com a forte demanda do mercado hoteleiro por TV´s de LCD, ainda existe uma procura por TV´s de plasma e de tela plana no modelo slim que é mais fina do que as de tubo convencional. Cada empreendimento hoteleiro possui sua necessidade específica e estamos atentos para oferecer produtos com alta tecnologia, duráveis, de baixo consumo de energia elétrica e itens específicos, como o acessório de segurança que impede o roubo”, conclui Fiani.
A AOC que é reconhecida como o maior fabricante mundial de monitores LCD passou a utilizar esta tecnologia em TV´s e elegeu o mercado hoteleiro como um grande foco de negócios. O recém inaugurado Blue Tree Towers São José dos Campos possui TV´s de LCD da marca AOC que também estão sendo implantada na modernização do resort Transamérica Ilha de Comandatuba. “Temos uma ótima oportunidade de negócio no segmento hoteleiro, pois as TVs de LCD estão associadas ao conceito de conforto e modernidade oferecido pelos hotéis, e o público é formador de opinião. Se gostou da experiência com o produto no hotel com certeza irá tentar replicá-la em casa. E existe um grande mercado potencial para troca de TVs de CRT por LCD nos hotéis. Estamos atuando já com algumas redes através de nosso canal de venda corporativo, e pretendemos ampliar a atuação em 2009”, destaca Fábio Marraccini, Gerente de produtos da AOC. Segundo ele, as TV´s de 22”, 26” e 32” são as mais procuradas. As de 42” são para áreas sociais do hotel. “São produtos completos, com modo de controle hoteleiro adequado as necessidades dos nossos clientes. Recentemente lançamos um monitor de 42”, mais acessível em preço do que o televisor, para atender a essas e outras necessidades corporativas, em condições de utilização onde já existe um outro provedor de sinal, tal como TV a cabo, equipamento de signage, dentre outros”, conclui Marraccini.

Segmento de alto potencial de mercado
A holandesa Philips também vê a hotelaria brasileira com muito bons olhos e detém uma boa fatia de mercado neste segmento. “A Philips acredita que o setor hoteleiro é um segmento de alto potencial de mercado e temos planos agressivos para explorá-lo, tanto que criamos uma estrutura voltada totalmente para atendê-lo adequadamente. Além da linha de eletroeletrônicos, temos unidades de negócios que apresentam soluções tecnológicas para atender em muito as necessidades do segmento hoteleiro”, destaca Renato Secco, Gerente de vendas corporativas da Philips do Brasil. A grande aposta da empresa é a recém lançada linha Design Collection. A gama de produtos envolve televisores LCD, home theater, aparelhos de som e player blu-ray. Com design minimalista, este novo portfólio é inspirado em formas orgânicas do corpo humano, as linhas retas do masculino e as arredondadas do feminino, reforçando a sensação de sofisticação. Essa inovação faz parte da estratégia da empresa em apresentar soluções que ofereçam harmonia e integração do eletrônico ao ambiente. Os televisores de LCD desta linha vão de 32” a 52” e possuem uma moldura moderna e transparente que assegura a leveza do design e alta tecnologia em som e imagem.  “A temática hoteleira passa por entretenimento e ambientação. Mais e mais os hotéis têm apresentado plataformas de serviços diferenciados e estruturas especiais para entreter seus clientes. Assim, o apelo da tecnologia tem um alto valor, bem como os serviços oferecidos. Os dois elementos caminham juntos”, garante Secco. Mesmo com o crescimento de LCD nos hotéis, Secco diz que ainda existe uma procura alternativas em hotéis que não podem pagar pela tecnologia LCD e optam por tubo 21” ou 29” real flat .

Modernizar é preciso
Se os novos empreendimentos hoteleiros que entram em operação optam por TV´s de LCD, os já existentes também colocam as TV´s de LCD como a grande prioridade na modernização. Entre os hotéis que optaram pela modernização das TV´s nos últimos meses estão: São Paulo Airport  Marriott Hotel que substituiu os televisores de 29 polegadas por LCDs de 32” em todos os quartos, onde o hóspede tem a possibilidade de conexão via internet. O hotel Vila Galé Fortaleza, localizado na Praia do Futuro, na capital cearense, está fazendo um investimento de R$ 500 mil e trocando todos televisores convencionais por  LCD de 32”. O Bristol Multy Vila Velha Hotel, localizado em Ponta Grossa (PR), acaba de realizar um retrofit em 12 apartamentos categoria luxo e a principal substituição foi dos aparelhos de TV por equipamentos de tecnologia LCD, 26 polegadas. O Slaviero Palace Hotel, de Curitiba, está passando por reformulações em cinco de seus andares e implantando TVs LCD de 36’’. O Blue Tree Millenium Porto Alegre está trocando todos seus antigos televisores por equipamentos HD LCD de 26”, com um sistema exclusivo de conectividade e maior resolução em imagem e cor. O hotel Meliá Jardim Europa, localizado em São Paulo, promoveu uma ampla reforma em suas instalações e os apartamentos ficaram mais envolventes e com novos conceitos de modernidade, luxo e exclusividade e as TV´s de LCD de 36” estão presentes. O Bristol Century Plaza, localizado na praia de Camburi, em Vitória (ES) acaba de finalizar o processo de modernização das acomodações dos apartamentos super luxos que entre outras coisas, ganharam TVs de LCD de 32”.
O Mercure Curitiba Golden de Curitiba está recebendo um investimento de R$ 2 milhões em modernização que deverá envolver todo os 13 pavimentos. Estas mudanças incluem a decoração dos apartamentos, troca do enxoval, aquisição de duas TVs de LCD nos apartamentos que terão piso frio, ar-condicionado silencioso individual com controle. O hotel Emiliano, localizado no bairro dos Jardins, em São Paulo, implantou recentemente aparelhos de TV LCD 40” e 32” em todos os apartamentos que ainda tiveram os carpetes substituídos e uma espuma foi inserida sob o novo carpete para oferecer melhor isolamento acústico e conforto no pisar.

Publicidade
Totaline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image