Publicidade
Pikolin

Turismo busca alternativas para se reconstruir durante a pandemia

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 3 minutos

A pandemia da COVID-19 trouxe sérios impactos para o setor do turismo em escala global. De acordo com a OMT – Organização Mundial do Turismo, o turismo deve levar de cinco a sete anos para se recuperar dos efeitos negativos provocados pelo vírus em todo o mundo. Os dados do estudo do WTTC em parceria com a Oxfords Economics destacam que o turismo mundial perdeu US$ 4,5 trilhões ao longo de 2020, queda de 49,1% em comparação com 2019. Os impactos negativos também foram sentidos em Goiás. De acordo com dados do Observatório de Turismo da Goiás Turismo, a estimativa de impacto direto no setor de eventos via Goiânia Convention & Visitors Bureau entre março e novembro de 2020 chegou próximo a R$ 43 bilhões. O estado deixou de receber cerca de 40 mil visitantes. Os números são ainda mais desanimadores quando avaliado o impacto geral no setor de eventos, que pode chegar a R$ 87 milhões.

Publicidade
Onity

Para tentar amenizar as consequências da pandemia, entidades do setor têm estabelecido parcerias para proporcionar que as empresas do turismo mantenham seus serviços em atividade. O Goiânia Convention, por exemplo, estabeleceu uma parceria com a plataforma de permutas multilaterais XporY.com. A expectativa é que as empresas do setor possam disponibilizar produtos e serviços por meio da rede de permutas para atrair novos clientes e, com o crédito recebido em moeda virtual, sem investimento em dinheiro, os permutantes terão condições de investir na aquisição de produtos e serviços que poderão ser revertidos para a própria empresa.

De acordo com o Presidente do Goiânia Convention & Visitor Bureau, Antônio Rios, “Em Goiânia, deixou de circular mais de R$ 350 milhões advindos dos eventos, que entendemos como grande parte ‘dinheiro novo’, ou seja, que veio de fora para circular aqui, e parte deixou também de ser arrecadado pelos poderes públicos estadual e municipais, desde o início da pandemia”. Ele explica que a cadeia produtiva do turismo envolve 52 segmentos, que estão total ou parcialmente inativos devido à crise. “Em momentos de crise como esses, as vendas caem drasticamente, já que o dinheiro pára de circular por inúmeras razões. Com a queda das vendas, os empresários ficam com produtos sem giro e serviços ociosos. Sem dinheiro em caixa, vão surgindo cancelamentos de contratos, deixam de fazer diversos consumos costumeiros, simplesmente porque passam a ter que reduzir bastante os gastos mensais pela falta de receita. Neste cenário, a XporY.com surge como uma grande alternativa de reativação da economia, já que todos os parceiros e associados do Goiânia Convention podem se cadastrar gratuitamente na plataforma, disponibilizar produtos e serviços para serem comercializados aos clientes da rede”, completa Rios.

Parcerias

Segundo o sócio-fundador da XporY.com, Rafael Barbosa, a parceria entre as empresas consiste na indicação e incentivo do Goiânia Convention para que empresários associados à instituição se cadastrem gratuitamente na plataforma de permutas. Dessa forma, além de ampliarem a divulgação, terão condições de conquistar novos clientes e economizar dinheiro na aquisição de produtos e serviços. “A parceria assegurará alguns benefícios relevantes aos associados do Goiânia Convention. Os indicados contam com um crédito pré-aprovado em X$, moeda virtual de uso exclusivo da plataforma e equivalente ao real, para efetivarem as primeiras compras no site, antes mesmo de fazer a primeira venda, e, também, terão uma redução de 20% no valor da taxa administrativa paga quando realizarem compras na plataforma” destaca lembrando que a taxa cairá de 10% para somente 8% de comissão em Reais quando utilizarem o crédito em X$ para adquirirem produtos ou serviços de quaisquer outros clientes da rede de qualquer lugar do País.

Saiba mais

Há mais de vinte anos no mercado, o Goiânia Convention & Visitors Bureau é uma entidade sem fins lucrativos e mantida pela iniciativa privada. É instrumento representativo do Trade Turístico Goiano, e tem como objetivo permanente o desenvolvimento sustentável de Goiânia e região através da indústria do turismo em especial as geradas pelos eventos. Realiza em todo esse tempo de atuação a prospecção, captação e promoção de eventos, atuando com os principais interlocutores e equipamentos que fomentam a cadeia do turismo, em especial o segmento de eventos e negócios.

Turismo busca alternativas para se reconstruir durante a pandemia

Rafael Barbosa, sócio-fundador da XporY.com (Foto: divulgação)

Por sua vez, a XporY.com é uma plataforma de permutas multilaterais fundada em 2014 e que busca estimular o modelo de economia colaborativa ao possibilitar que empresas de qualquer porte e profissionais liberais disponibilizem produtos e serviços para permutas de maneira online. A plataforma é a rede de permutas parceira do Sebrae e já conta com mais de 10 mil empresários e profissionais liberais cadastrados em todo o País.

Publicidade
Engie

Para participar da plataforma assegurando os benefícios da parceria com o Convention Goiânia, os interessados devem acessar pelo site.

Publicidade
APP da Revista Hoteis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA