Publicidade
Pikolin

‘Turismo é história’, por Fabio Pontes

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 2 minutos

Artigo de Fabio Pontes*

Foi em meados do século XIX que o inglês Thomas Cook promoveu a primeira viagem organizada de que se tem registro na história. Era o pontapé inicial para a invenção do que chamamos hoje de turismo. Não demorou muito e, 15 anos depois, em 1867, era inventado o voucher turístico, que organizava a aquisição de reservas de hotéis e serviços em viagens.

Publicidade
Simmons

O turismo, é fato, está no cerne do homem. As civilizações se miscigenaram – e evoluíram – graças à necessidade de nossos antepassados peregrinarem em busca de lugares onde teriam uma vida melhor. E o que é viajar nos dias de hoje se não um momento de desligar do cotidiano e viver experiências que tragam bem-estar e satisfação?

A considerar Brotas, que tem sua história no turismo iniciada em 1993, falamos de um destino turístico que evolui a todo momento. Desde os primeiros botes e boias que desciam o rio Jacaré Pepira, ainda de maneira amadora há quase três décadas, o balanço hoje é de uma estância turística que faz jus ao nome de capital do turismo de aventura.

'Turismo é história', por Fabio Pontes

O voo de tirolesa é uma das atividades mais procuradas no turismo de aventura em Brotas (Foto: divulgação)

Brotas, resultado da união dos entusiastas do seu potencial turístico, da sociedade que acreditou neste projeto e sempre cobrou que os atrativos caminhassem lado a lado com o compromisso da preservação dos recursos naturais, construiu um legado que é admirado mundo afora. Não apenas pelos títulos, como de campeã mundial de rafting, ou de principal destino na intenção do viajante paulista, segundo pesquisas recentes, mas por promover um turismo sustentável, organizado, segmento que hoje é a segunda maior fonte geradora de emprego e renda no município.

Publicidade
Onity

Nem mesmo a pandemia, severa para muitos setores da economia, foi capaz de esmorecer empresários, trabalhadores e setor público. Houve sim o momento de dificuldades e apreensão, mas a cidade, enquanto silenciada devido às medidas restritivas, não parou um dia sequer na organização dos atrativos e nos cuidados para que a retomada ocorresse de maneira segura e rápida.

O balanço é de um destino que traz recordes sucessivos na arrecadação, considerando ainda o incremento de 256% na atividade em julho frente ao mesmo mês do ano passado. De uma cidade que se reinventa na diversificação dos atrativos – até o fim do ano, serão nove eventos nas áreas de gastronomia, esportes e turismo de contemplação. Por ocasião do Dia do Turismo, que é comemorado no município no dia 15 de setembro, seguimos a cultura de imergir a população nos atrativos como rafting, boia cross e passeios nos ecoparques – uma parceria com as operações turísticas que tem o objetivo de aproximar o morador de uma das atividades que mantém o nome de sua cidade em destaque.

Na busca por atender às demandas de um turista moderno, que precisa de informações completas do local em que optou por conhecer, Brotas também digitalizou o seu inventário turístico, uma realidade ainda muito distante no Brasil se considerarmos a preocupação dos destinos com o digital. Cada detalhe dos atrativos de Brotas está em um guia virtual que pode ser acessado na plataforma Destinos Inteligentes.

Publicidade
Altenburg

Um lugar que evolui sem deixar de lado a sua história. Essa é a Brotas que todo turista que conhece admira e coloca entre os seus destinos preferidos.

*Fabio Pontes é Secretário de Turismo de Brotas

Publicidade
SPCVB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA