Publicidade
Trofeu fornecedor

Transamérica Hospitality Group: Mudança e crescimento

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 5 minutos

No último mês de fevereiro surgiu no mercado hoteleiro o Transamérica Hospitality Group, novo reposicionamento da Transamérica Flats que nasceu atuando em 17 empreendimentos em diversas cidades brasileiras. A nova marca deverá focar outros negócios de hospitalidade, como condomínios de luxo e será segmentada em seis grupos, divididos em midscale, upscale e luxo. Em fase final de lançamento, a rede anuncia também unidades em cinco cidades, aumentando a expansão da marca.
Otimista, o Diretor do Transamérica Hospitality Group, Heber Garrido, fala com total exclusividade a respeito da criação da nova marca e seus objetivos, assim como as expectativas de crescimento e faturamento, contratações, e a jornada dupla como Diretor de Vendas e Marketing do Transamérica Ilha de Comandatuba.

 

Revista Hotéis — Quais os motivos que levaram o Grupo Transamérica a criação do Transamérica Hospitality Group? Ele nasceu com quais objetivos e como está posicionado no mercado?
Heber Garrido — O principal motivo foi a elaboração de um novo modelo de negócio e por conta disso um novo reposicionamento da Administradora Transamérica no mercado. Passamos a focar o nosso negócio em hospitalidade e não somente em hotelaria. Hoje, podemos abranger novos negócios fora da hotelaria com o setor de condomínios de luxo. Temos conhecimento, talento  e reconhecimento da marca Transamérica em vários outros setores e, com isso, pretendemos avançar no mercado buscando novos empreendimentos.
 
Revista Hotéis — Como é que este novo modelo administrativo trará ganhos de escala, redução de custos e maior posicionamento de mercado dos empreendimentos? Os empreendimentos próprios (Transamérica São Paulo e Comandatuba) se integrarão a este modelo?
Heber Garrido — O novo modelo do Transamérica Hospitality Group é exclusivo para os empreendimentos administrados e não se aplicará para os empreendimentos próprios. Queremos crescer no modelo de gestão em ativos de terceiros. Vamos lançar mais categorias com a marca Transamérica Hospitality Group e buscar ganho de escala nos principais mercados. Nossa estrutura corporativa é muito competente e sólida.  Nos sobresaímos com a unificação de departamentos, informatização de sistema e  call center próprio, garantindo um ganho de escala para os nossos empreendimentos.
 
Revista Hotéis — Quais são as oportunidades que estão visualizando no mercado nacional para a expansão Transamérica Hospitality Group?
Heber Garrido — Já estamos em fase final de lançamento para novos empreendimentos nas cidades de Recife, Salvador, Porto Alegre, Belo Horizonte e no litoral do Rio de Janeiro. Nosso padrão de excelência em hospitalidade é muito consistente e referência no mercado o que ajuda muito o investidor no ato da escolha de uma administradora para o seu empreendimento hoteleiro.
 
Revista Hotéis — Qual é a meta de crescimento e faturamento para este ano e uma comparação em relação a 2009?
Heber Garrido — Estamos otimistas com o ano de 2010. Já batemos o faturamento recorde no primeiro trimestre e nesse ano esperamos ainda superar a marca dos R$ 100 milhões de faturamento bruto. Estamos dispostos também em avaliar oportunidades de compra de outras administradoras do mercado que tenham um perfil corporativo e produtos no padrão Transamérica Hospitality Group.
 
Revista Hotéis — Como se dará a segmentação dos hotéis que pretendem fazer e a divisão em categorias?
Heber Garrido — Serão seis novas categorias entre hotéis midscale e luxo. Entendemos que a marca Transamérica não é associada a categoria econômica e também não pretendemos buscar escala nesse segmento que justifique a nossa entrada. O Transamérica Hospitality Group está lançando as suas novas marcas: Transamérica Fit, Transamérica Executive, Transamérica Classic, Transamérica Prime, Transamérica Club e Transamérica Prestige. Essas novas categorias foram definidas por comportamento e perfil dos nossos diferentes públicos e não por tipo de serviços e equipamentos dispostos em nossos empreendimentos.
 
Revista Hotéis — Quais as ações que planejam trabalhar para incrementar as vendas destes novos produtos que estão sendo apresentados ao mercado? Haveria maiores benefícios aos agentes de viagens?
Heber Garrido — A rede Transamérica tradicionalmente aplica uma política de comissão diferenciada para os agentes de viagens, valorizando essa parceria. Não será diferente no momento do lançamento dos novos empreendimentos e categorias do Transamérica Hospitality Group. Vamos intensificar essa parceria estratégica por meio de condições comerciais e promocionais exclusivas.
 
Revista Hotéis — O Transamérica Hospitality Group ainda não administra nenhum hotel no padrão luxo. Qual é a sua expectativa de ter um empreendimento deste em breve e como estão os contatos?
Heber Garrido — A rede Transamérica tem muita experiência em produtos de alta excelência a exemplo do Hotel Transamérica Ilha de Comandatuba. Todo esse conhecimento será transferido para a administração do nosso primeiro produto upscale com previsão de abertura em outubro de 2010, na cidade de Recife. Esse hotel será o mais novo,  melhor e principal empreendimento hoteleiro administrado da capital pernambucana, e faremos dele uma referência hoteleira do nordeste.
 
Revista Hotéis — Como se encontra os investimentos para a consolidação destas marcas e quais os benefícios que isto trará aos hóspedes?
Heber Garrido — O novo posicionamento do Transamérica Hospitality Group é:  “o melhor lugar para o seu bem-estar“.  É exatamente esse benefício que iremos proporcionar aos nossos hóspedes, a garantia de bem-estar a cada um quando estiverem em um dos nossos empreendimentos. Em um curto espaço de tempo, todos os nossos produtos e serviços terão o foco em qualidade de vida, a exemplo disso não teremos mais fitness centers e, sim, wellness center.
 
Revista Hotéis — Houve contratações para a nova estrutura organizacional do Transamérica Hospitality Group ou haverá nos próximos meses?
Heber Garrido — Sim.  Nós fizemos uma reestruturação no call center, criamos a nova gerência de e-commerce , ampliamos a equipe no setor de A&B e operacional corporativo. Nós ampliamos também a equipe de vendas com maior suporte em TI voltada para vendas. No meio do ano,  iniciaremos o processo de seleção e contratação de novos colaboradores para os novos empreendimentos administrados.
 
Revista Hotéis — Paralelamente ao cargo de Diretor do Transamérica Hospitality Group, você também assumiu a direção de Vendas e Marketing do Transamérica Ilha de Comandatuba. Como conciliará as duas funções e os desafios deste novo cargo?
Heber Garrido — Ao assumir esse novo cargo percebi que o desafio aumentou por conta da excelente fase em que a administradora está passando e pela importância no mercado do Transamérica Ilha de Comandatuba. Mas tenho algumas vantagens para superar esse desafio que é o fato de conhecer muito bem o produto e, principalmente, o mercado de resorts. Estamos lançando novos produtos para Comandatuba com mais opções de malha aérea, inclusive, com a volta de voos com desembarque direto no aeroporto privativo da Ilha. Também ampliaremos os pontos de vendas nas principais cidades do País.

Publicidade
Anufood

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA