Publicidade
Simmons

Semana da Hospitalidade Equipotel tem início com palestra sobre negócios

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 4 minutos

Teve início agora pouco a Semana da Hospitalidade Equipotel, evento 100% online que vai até a próxima sexta-feira. A programação conta com cinco eventos simultâneos, 13 horas de conteúdo e diversas soluções em hospitalidade. No primeiro dia, na Arena do Saber, o painel teve como temática “Bem Estar e Design que impulsionam o negócio”, e contou com Gabriela Otto na moderação, Talita Silverio, Fundadora e Diretora-geral da Amman Consultoria de Spas, Ana Maria Pollak, Gestora em Hospitalidade, Eduardo Manzano, Fundador e Diretor de Design do EMDAStudio como palestrantes. A Revista Hotéis é Media Partner do evento.

Publicidade
Gazin

Novo normal 

Gabriela Otto, Managing director da HSMAI Brasil e Sócia Diretora da Go Consultoria, introduziu o assunto comentando sobre a nova fase da flexibilização. “Eu lembro que falamos do novo normal, mas tudo que as pessoas querem é o velho normal de volta. Existe um normal temporário, que é necessário neste momento. Tudo passa por consciência do empresário, turistas, hóspedes, pela nossa consciência como cidadão. As pessoas confundem um pouco a flexibilização neste momento com a normalização, mas não, as coisas não estão normais, existem certas regras ainda”, alerta.

Em relação ao Turismo de negócios, aponta que: “A hotelaria corporativa está numa retomada bem menor. Temos 91% das ofertas da rede aberta, então 9% até em 2021, mas mesmo assim nas corporativos nas grandes capitais ainda é baixa, enquanto de lazer é maior.

Publicidade
Harus

Semana da Hospitalidade Equipotel tem início com palestra sobre negócios

Talita Silverio: “O turismo de bem-estar vem crescendo, é um mercado que precisa ser explorado, principalmente aqui no Brasil”

Bem-estar

Talita Silverio, Fundadora e Diretora-geral da Amman Consultoria de Spas foi questionada por Gabriela Otto na Semana da Hospitalidade Equipotel sobre turismo de lazer e bem estar, tão falado no pós-pandemia. “O turismo de bem-estar vem crescendo, é um mercado que precisa ser explorado, principalmente aqui no Brasil. Com a pandemia vem essa conscientização de qualidade de vida, esses aspectos de bem estar na viagem, seja nos negócios ou lazer. O bem-estar está em alta. Como vocês falaram a Comunicação e em seguida bem estar são os mais falados, diz.

Ana Maria Pollak, Gestora em Hospitalidade, opinou sobre o assunto: “Realmente estamos vivendo um momento difícil. Estamos bastante tempo privados de muitas coisas, estamos privados. Então uma pessoa que tinha uma vida bastante agitada se viu dentro de casa. Tem o fenômeno interessante não só da viagem, mas também de ficar em casa. Antes elas entravam e saiam, agora elas precisam criar um bem-estar dentro de sua própria casa”, alerta.

Design e organização dos espaços

Eduardo Manzano, Fundador e Diretor de Design do EMDAStudio comentou na Semana da Hospitalidade Equipotel sobre as diferenças do bonito aos olhos e funcionalidade. “Eu tenho certeza absoluta que hoje não dá para pensar em hospitalidade sem pensar em bem-estar, independente da categoria do hotel. Ele está ligado diretamente a experiência do hóspede. Em relação ao bem-estar e o retorno do cliente, eu acho que essa é a conjunção perfeita. Se você trabalha o seu design, trabalha essa questão do bem-estar e no retorno que seu projeto vai ter e isso é o que movimente nossa cadeia de trabalho, é fundamental. Anos atrás não se falava tanto, antes era padronização, hoje não é mais assim, ele precisa ter a cara do local onde ele está, e isso é a cara do bem estar”, afirma.

Publicidade
Escola de resultados

Mercado hoteleiro

Talita Silverio completou dizendo que o mercado hoteleiro ainda tem dificuldade com essa questão do bem-estar. “Os hotéis têm muita dificuldade em vender bem-estar. Não é algo que o mercado saiba como fazer, saiba como comunicar. Cada vem mais o turista de bem-estar vem com uma relevância no mercado. Ele quer ver a limpeza e tudo que o hotel oferece. Nós temos que trabalhar com uma qualidade muito acima, e mais do que isso, com planejamento estratégico”.

Semana da Hospitalidade Equipotel tem início com palestra sobre negócios

Ana Maria Pollak: ““O fato de você ter um SPA dentro de um hotel ele traz muitos clientes, mas não basta”

Ana Maria Pollak reforça o que foi dito pelos outros dois convidados. “O Eduardo falou que o SPA agrega valor, a Talita diz que traz competitividade, e é verdade. O fato de você ter um SPA dentro de um hotel ele traz muitos clientes, mas não basta. Ele não pode ser tratado como um negócio em si, e sim como um negócio do hotel, ele faz parte de um todo, tem que ser percebido por todos”, aponta Semana da Hospitalidade Equipotel.

Publicidade
Tramontina

Novos negócios

Talita Silverio foi questionada por Gabriela Otto sobre as novas tendências nos negócios. “Hoje o mercado ganhou uma confiança sobre turismo muito maior por conta da pandemia. Você cuidar de sua qualidade de vida, saúde mental… Então hoje quando falamos no turismo de bem-estar não temos que falar só de massagem, precisamos pensar fora da caixa, trazer tendências e novas experiências. Então, esse turista de bem-estar traz novas experiências. Fizemos um estudo meses atrás do que está acontecendo lá fora e muitos hotéis estão oferecendo novas experiências sem as massagens, com algumas experiências sensoriais sem o toque. São espaços que não exigem grande investimento financeiro mas demanda terapia, como por exemplo um caminhar nas pedras, depois respiração… Então isso faz um conectar consigo mesma”, explica.

Semana da Hospitalidade Equipotel tem início com palestra sobre negócios

Eduardo Manzano: “Muitos clientes estão mais preocupados com a marca do SPA do que com a qualidade do serviço do hotel”

Ambientes

Eduardo Manzano foi questionado sobre os ambientes e nova visão da hospitalidade. “Ótima pergunta, a sobrevivência da hospitalidade passa em olhar fora da caixinha. Sei que vira um chavão, mas é a mais pura verdade. Mas temos hotéis na Europa que do supereconômico passa para o superluxo dentro do mesmo prédio. Da mesma forma que os quartos estão mudando, as outras partes do hotel também estão. Hoje você tem áreas de convivência, como o lobby aberto para a área externa, trazendo a cidade para dentro do hotel. O hotel volta a ser um componente importante para a cidade. Todas estas ações vieram para ficar”.

Publicidade
Anuncie conosco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA