HOME Matérias Aconteceu Segurança alimentar é tema de palestra na Conferência Nacional Nobile 2019

Segurança alimentar é tema de palestra na Conferência Nacional Nobile 2019

105
0
SHARE
Simone Galvão: "Segurança alimentar deve ser preocupação constante de todo meio de hospedagem"

Direto de Ribeirão Preto (SP) – Quem fez essa palestra que terminou agora a pouco foi Simone Galvão, Consultora em nutrição, dentro da grade de programação da Conferência Nacional Nobile 2019. Esse evento teve início hoje e prossegue até o próximo dia 21 de fevereiro, no Wyndham Garden Ribeirão Preto Convention. Simone começou sua palestra destacando que todo meio de hospedagem deve ter um controle rígido nos alimentos servidos que vai desde a produção, recebimento, armazenamento, manipulação e produção.

Segundo ela, a DTA – Doença Transmitida pelo Alimento pode ser fatal em alguns casos, principalmente para crianças. “Existem mais de 250 tipos de DTA e a grande maioria é causada por bactérias e suas formas, assim como vírus e parasitas.  Independente do alimento ser refrigerado, congelado ou seco deve haver um controle rígido e isso envolve uma série de fatores como: limpeza de caixa água, a compra da mercadoria tem de ter um bom critério e reputação da empresa e do produto, o fornecedor tem de possuir boas práticas. Somado a isso podemos somar a importância de um estoque organizado, os alimentos não devem estar em contato com o chão, equipamentos de distribuição adequados, coleta de amostra, temperatura de recebimento de alimentos, temperatura dos equipamentos, processo de resfriamento, entre outros detalhes. Tudo isso é para garantir a segurança de um prato a ser servido no restaurante de um hotel. Para isso é necessário um trabalho de toda a equipe e esse processo deve ser sempre lembrado aos colaboradores”, revela Simone.

Slide do preço da segurança alimentar apresentado por Simone Garcia em sua palestra

E ela lembrou que existe uma implicação muito grande de um alimento servido contaminado e isso envolve desde uma simples multa, até mesmo prisões. “Além de uma grande perda de marca e reputação, existe uma exposição negativa na mídia e opinião púbica. Os envolvidos podem ser responsáveis ou co-responsáveis de forma civil e criminal e responder processo. Então a melhor solução é: O preço da segurança é a eterna vigilância. Lembre-se: Não confie na sorte, trabalhe com segurança”, concluiu Simone.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image