Publicidade
Leceres

Rio CVB e ABIH/RJ promoveram queima de fogos na Barra da Tijuca

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 2 minutos

O tradicional bairro da zona Sul do Rio de Janeiro, recebeu na noite de ontem uma queima de fogos de artifício para um evento-teste para o Réveillon 2015-2016 na região. A ação foi promovida pelo Rio CVB — Rio Convention & Visitors Bureau em parceria com a ABIH/RJ — Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado do Rio de Janeiro. O espetáculo que teve início as 21h00, contou com o patrocínio da empresa Carvalho Hosken e durou aproximadamente cinco minutos.

O público pôde avistar a atração de dois pontos do bairro: do Hotel Windsor Barra, em frente ao Posto 4 da orla da Barra, e do novo hotel Hilton Barra Rio de Janeiro, na Avenida Embaixador Abelardo Bueno.

A queima de fogos foi coordenada por duas empresas: a Lanza, no Windsor Barra Hotel, e a Pirotecnia Igual Brasil, empresa que vem realizando os fogos de Copacabana, em frente ao Hilton. Durante o evento, o Hilton Barra Rio de Janeiro ofereceu um coquetel para convidados e imprensa.

A iniciativa é um teste do material que está sendo avaliado para o espetáculo que promete tomar o céu da região na próxima virada de ano. Contudo, diferente dos fogos em Copacabana, a ideia é utilizar as lagoas e terrenos vazios da Barra da Tijuca, e não a praia.  O objetivo é oferecer uma atração especialmente programada para os moradores e turistas que estarão na região durante o Réveillon 2015-16.

De acordo com o Presidente do Rio CVB e da ABIH-RJ, o empresário Alfredo Lopes, a Barra da Tijuca vai se tornar um grande polo hoteleiro a partir de dezembro deste ano, por conta dos Jogos Olímpicos e com o volume de turistas que circulará pela região, o perfil da Barra vai mudar completamente. “Por isso, decidimos realizar este evento-teste com foco no espetáculo que pretendemos promover na noite de 31 de dezembro. O Réveillon do Rio de Janeiro já é considerado um dos maiores do mundo, senão o maior. Com o destaque da Barra da Tijuca no cenário turístico carioca, estava mais do que na hora de criarmos um atrativo que valorizasse o bairro nas comemorações de fim de ano, que já representam uma marca do Rio”, explicou Lopes.

Publicidade
Anuncie conosco

Edgar J. Oliveira

Edgar J. Oliveira - Diretor editorial - Tenho 30 anos de formação em jornalismo e já trabalhei em grandes empresas nacionais em diferentes setores da comunicação como: rádio, assessoria de imprensa, agência de publicidade e já fui Editor chefe de várias mídias como: jornal de bairro, revista voltada a construção, a telecomunicações, concessões rodoviárias, logística e atualmente na hotelaria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA