Publicidade
Coronavirus

RCI Brasil fecha 2019 com 14 novas afiliações

A RCI, empresa de atuação global em intercâmbio de férias, conquistou ao longo de 2019, 14 novos empreendimentos afiliados no Brasil. Com isso, a empresa soma mais de 250 empreendimentos em todo o território brasileiro com aproximadamente 200 mil sócios.

Publicidade
Harus

A líder de operações da RCI Brasil, Fabiana Leite, ressalta o amadurecimento contínuo do mercado e o crescimento das modalidades de timeshare e multipropriedade. “A Indústria da Propriedade Compartilhada se desenvolve progressivamente e, a cada ano, vemos uma demanda crescente de empreendimentos nos dois modelos de negócios. Outro ponto que nos chama atenção é o equilíbrio existente entre as duas opções de modalidade de negócio, o que justifica que ambos os modelos estão sendo procurados por empreendedores com interesses específicos. Em 2019, 58% dos projetos afiliados foram no modelo timeshare, enquanto 42%, afiliaram-se como multipropriedade”, comenta.

Publicidade
Saga System

A equiparação entre as duas modalidades vem acontecendo desde 2017. Muitos empreendimentos têm optado pelo timeshare como um modelo de negócios, pois pode, além de melhorar sua performance comercial, aumentar sua taxa de ocupação, com a fidelização de um cliente. Outro ponto importante é que com a lei da multipropriedade, investidores e incorporadores estão mais confiantes e seguros e, com isso, o crescimento de novos projetos nesta modalidade tem aumentado ano após ano.

Fabiana Leite, Lider da RCI Brasil

Outro fator que contribui para uma perspectiva ainda mais positiva sobre o desempenho dessa indústria é o desenvolvimento de novos empreendimentos de grupos que já possuem uma operação de vendas em propriedade compartilhada e expandiram para outros projetos com novas incorporações e novos destinos.

Publicidade
GRI Hotéis

Segundo a executiva, “No modelo Timeshare tivemos a adesão de hotéis boutique, como o Modevie Boutique Hotel, em Gramado, e o SPaventura Eco Resort by GP Hotéis, em Ibiúna, além de redes tradicionais, como a rede Bourbon Hotéis & Resorts, que recentemente afiliou os empreendidos Bourbon Atibaia Resort e Bourbon Cataratas do Iguaçu Resort. Em Pernambuco vimos implantação do projeto Porto de Galinhas Praia Hotel. Já no Estado do Ceará destaca-se o crescimento do Grupo MVC com a afiliação Beverly Hills Residence, e um novo destino e parceiro em Guarapari, com Flamboyant Hotel & Convention”.

A Multipropriedade também teve grandes aberturas de projetos, com novos destinos brasileiros. “Estados como Sergipe, que não tinham presença nesse segmento, também passaram a fazer parte dos destinos disponíveis no Brasil, como é o caso do empreendimento Reserva dos Lagos. Foz do Iguaçu ganhou mais um projeto chamado Aquan Prime Resort, e em Maceió destacou-se o Riacho Doce Beach Residence. As últimas afiliações em Multipropriedade do ano foram implantadas em novos destinos. Em Ubatuba afiliamos o projeto Jardim das Palmeiras II, e em Balneário Camboriú o projeto Brava Mundo”, destaca Fabiana.

Publicidade
RAP Engenharia

Para 2020 o desafio é continuar esse processo de expansão e conquista de novos destinos e regiões. “Nosso compromisso com o sócio brasileiro é continuar incentivando o mercado turístico-imobiliário para que tenhamos cada vez mais diversidade de destinos dentre nossas opções de viagem”, finaliza a executiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image