Publicidade
Leceres

Pesquisa mostra aumento na procura por voos internacionais no Brasil

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 1 minuto

Novos dados do Kayak apontam um aumento significativo na procura por voos internacionais saindo do Brasil, em uma comparação de março com janeiro de 2022. Dois dos destinos favoritos dos brasileiros e entre os mais buscados, Estados Unidos e Itália ainda apresentam restrições leves e permitem apenas visitantes que estão totalmente vacinados e/ou apresentem um resultado negativo para COVID-19. Atualmente, 186 países estão abertos totalmente ou com restrições leves aos brasileiros, como Estados Unidos, Argentina, México, Reino Unido, Portugal e Austrália. Apenas 40 países seguem fechados para diversas nacionalidades, não apenas para brasileiros, como Nova Zelândia e China.

Publicidade
Faitec

 

A busca por viagens para a Europa, com restrições facilmente contornáveis para vacinados, chegou a crescer 1326% para Roma e 1070% para Milão, enquanto os Estados Unidos apresentaram um crescimento de 738% nas buscas para Orlando, 662% para Miami, 614% para Los Angeles e 589% para Nova York. O aumento das passagens aéreas variou de 18% a 21% para a Itália e de 9% a 28% para os EUA, no comparativo entre março e janeiro de 2022. Outro destino queridinho dos brasileiros, a Argentina aparece no ranking de mais buscados com Bariloche, que teve aumento de buscas de 760%, mas foi o único destino que mostrou queda de preço médio das passagens de ida e volta na comparação, com -3%, e Buenos Aires, que teve aumento de buscas por passagens aéreas de 703% e de preço médio de 10%.

Pesquisa mostra aumento na procura por voos internacionais no Brasil

A pesquisa foi feita na base de dados do Kayak buscando por voos de ida e volta saindo de todos os aeroportos do Brasil com destino a todos os aeroportos internacionais – Divulgação

Já Lisboa, o destino mais buscado na comparação, teve aumento de 583% no volume de buscas e 21% no preço médio, enquanto a vizinha Porto foi a oitava mais buscada, com 641% de aumento no volume de buscas e 30% no preço médio.

Publicidade
21 anos Revista Hotéis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA