Publicidade
Travel Tech

Pesquisa diz que turistas querem viajar ainda em 2020

Uma pesquisa sobre os impactos no turismo e as perspectivas para o setor após a pandemia da COVID-19 na América Latina revela, entre outros desejaos, que quase metade dos entrevistados (46%) afirma pretender viajar ainda em 2020 Outros 18% consideram viajar se encontrarem uma boa promoção. A pesquisa é uma realização conjunta da agência de comunicação e marketing especializada em turismo Interamerican Network, o site de notícias brasileiro Catraca Livre, a publicação peruana Infotur, o portal argentino Boardingpax e a associação mexicana Confetur.

Ainda segundo a pesquisa, os meses de novembro e dezembro são os preferidos para o público participante, com 30% das respostas cada. Quando perguntados se pretendem fazer alguma viagem na época das festas de fim de ano, 47% dos pesquisados responderam que sim, 18% ficariam dependentes de uma boa promoção e 35% refutam totalmente a possiblidade. Os que descartam totalmente a ideia de viajar ainda em 2020 somam 36%, sendo que as principais razões para isso são a preocupação com a disseminação da covid-19 (63%) e dificuldades financeiras causadas pela pandemia (20%).

Publicidade
Totaline

A inspiração para escolher o destino virá de buscas na internet (28%) ou de recomendação de amigos (28%), segundo as respostas. Outras fontes de ajuda incluem dicas dos agentes de viagem (14%), redes sociais (8%), influenciadores e blogueiros de viagem (8%), dicas da imprensa especializada (7%) e publicidade (7%). A forma de compra da viagem será de maneira independente para 50% dos respondentes, entrando em contato diretamente com companhias aéreas e hotéis, entre outras empresas do setor. As agências ou operadoras de viagens físicas e tradicionais mostraram quase o dobro de vantagem na preferência em relação às agências de viagens online, com 29% das respostas, ante os 15% que optariam pelos serviços de uma empresa virtual. O consultor de viagens independente aparece em 6% das respostas.

Publicidade
Harus

As viagens dentro do próprio país são a primeira opção para 54% dos participantes da pesquisa. Na sequência, a Europa é a preferência de 19% dos entrevistados, seguida de América Latina (13%), América do Norte (9%) e Ásia (2%). Se considerada apenas uma viagem dentro da América Latina, os destinos mais escolhidos foram Argentina (20%), México (18%), Peru (13%), Colômbia (13%), Chile (12%), Brasil (12%) e Uruguai (6%). Para fora da região, os destinos mais desejados para um possível roteiro turístico são Europa (principalmente Portugal, Itália, Espanha e Grécia), com 59% das predileções. A seguir aparecem Estados Unidos (principalmente Flórida), com 16%, e Ásia (principalmente Japão, Indonésia, Maldivas e Tailândia), com 11%. África do Sul, Canadá e Oceania tiveram, cada um, 4% da preferência, enquanto o Oriente Médio surge com 2%.

O Teatro Amazonas, um dos cartões-postais de Manaus (Foto: Ana Claudia Jatahy/MTUR)

Indagados sobre o tipo de viagem que pretendem fazer ainda este ano, um destino de praia ocupa, com folga, a preferência, com 39% das respostas, enquanto cruzeiros e destinos religiosos foram as alternativas menos escolhidas, com apenas 1% cada. Outras opções incluem viagens culturais (18%), ecoturismo e contemplação (13%), urbanas (12%), aventura (6%), gastronomia e vinhos (6%) e, por fim, esqui (2%).

Publicidade
APP da Revista Hoteis

A pesquisa foi realizada na primeira quinzena de junho, e o universo na América Latina compreendeu 1.174 respondentes, principalmente do Brasil (44%), seguido por México (22%), Colômbia (13%), Argentina (12%), Chile (5%) e Peru (1%). A maioria foi composta de pessoas do sexo feminino (67%), com idade entre 25 e 54 anos , com uma maior representatividade da faixa entre 35 e 44 anos (30%).

Publicidade
RAP Engenharia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image