Publicidade
FOHB

Pesquisa da Visa revela que brasileiros gastaram 58% a mais no exterior em 2010

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 1 minuto

O relatório de Perspectivas do Turismo: Brasil, elaborado pela operadora de cartões de crédito Visa, revela que os brasileiros têm contribuído significativamente para a economia do turismo mundial. De acordo com o VisaVue Travel Data, os gastos dos estrangeiros que visitaram o Brasil cresceram 12% no ano passado, subindo de US$ 1,8 bilhão, em 2009, para US$ 2,1 bilhões, em 2010. Porém a pesquisa mostra que os brasileiros portadores dos cartões VISA, gastaram 58% a mais em 2010 em suas viagens ao exterior. Os gastos subiram de US$ 3,1 bilhões, em 2009, para US$ 4,8 bilhões, em 2010.

 

O Diretor geral da Visa no Brasil, Rubén Osta, disse que enquanto o governo brasileiro dedicou inúmeros recursos para elevar o status do País perante o mundo, a Visa trabalhou diretamente com muitas entidades de turismo e empresas brasileiras para ajudá-las a alavancar as incríveis oportunidades deste momento favorável. “A Visa, patrocinadora da Copa do Mundo FIFA e dos Jogos Olímpicos e constante apoiadora do crescimento do turismo internacional, continuará trabalhando com a indústria de turismo do Brasil para preparar o país para receber o incrível número de visitantes que  prestigiarão o Brasil em ambos os eventos esportivos”, finaliza o executivo.  

 

 

 

Se você estivesse nos seguindo pelo twitter teria recebido esta informação em tempo real. Venha nos seguir, acesse www.twitter.com/revistahoteis ou então pelo Facebook acessando nossa página através do link http://migre.me/4G5ac . Conheça também nossa página no Flickr acessando o link http://migre.me/4DT8x e no Tribt http://tribt.net/profile/revistahoteis

Publicidade
Pratica

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA