Publicidade
FOHB

Pequenos meios de hospedagem ganharão diagnóstico inédito

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 1 minuto

Ainda este ano, os empresários de pequenos meios de hospedagem terão à disposição uma ferramenta que reunirá informações importantes para potencializar as condições de competitividade dos empreendimentos. Trata-se de pesquisa inédita sobre o setor ? uma das ações do Programa de Qualificação de Pequenos Meios de Hospedagem, realizado pelo Sebrae em parceria com a ABIH/Nacional – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis e o IBH – Instituto Brasileiro de Hospedagem para oferecer a esses negócios uma série de soluções sobre gestão, além de dados estratégicos com foco no desenvolvimento e na sustentabilidade.

 

A Coordenadora do Programa de Qualificação de Pequenos Meios de Hospedagem pelo Sebrae, Lara Chicuta, explica: “O diagnóstico tem como objetivo conhecer a capacidade de gestão e as características dos estabelecimentos, principalmente com relação às ações de competitividade e de sustentabilidade”.

 

O levantamento será elaborado a partir de uma amostragem das respostas obtidas por meio da aplicação de questionários a 1.500 empresários do setor de todo o País. O número de consultados em cada estado irá variar de acordo com a representação do segmento na localidade.

 

O resultado geral do levantamento será divulgado em novembro, durante o Conotel – Congresso Nacional de Hotelaria. A expectativa é que os dados permitam aos setores público e privado traçar um panorama nacional sobre o setor, a partir de um conhecimento sobre as necessidades prioritárias de capacitação e qualificação, as diferenças regionais entre os empreendimentos e as particularidades da gestão dos vários tipos de pequenos meios de hospedagem brasileiros.

 

Lara avalia: “As informações servirão ainda aos empresários como uma fonte de informação segura para a elaboração de estratégias de atuação no mercado”. Numa próxima etapa, os empreendedores participantes da pesquisa receberão dados individualizados comparados a uma média da situação nacional do setor, com relação à competitividade e sustentabilidade. “Por isso é importante que os empresários do setor colaborem com o diagnóstico”, incentiva a coordenadora.

Publicidade
Harus 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA