Publicidade
Leceres

Os desafios para o setor turístico além da pandemia

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 1 minuto

O ano de 2022 chegou cercado de expectativas sobre a volta da “normalidade” com o avanço da vacinação e diminuição da mortalidade por COVID-19. Muito se falou sobre a demanda reprimida gerada pelo isolamento social. De fato, o segundo semestre de 2021, principalmente com as festividades de final de ano, foi positivo para o setor turístico, já que realmente os brasileiros estavam ávidos por viajar e taxas de ocupação nos meios de hospedagem foram crescentes e em alguns casos chegaram a retomar patamares pré-pandemia.

Publicidade
Clima ao Vivo

Mas para não ter nenhuma surpresa desagradável, o setor de turismo deve estar de olho na Europa que sempre esteve um passo à frente quanto os rumos da pandemia, as possibilidades de flexibilização e a retomada das atividades em geral. Recentemente pesquisa realizada pela Morgan Stanley no Reino Unido trouxe dados surpreendentes quanto aos hábitos de consumo da população e as perspectivas para 2022. O percentual de pessoas que planejam férias em 2022 foi de 51%, contra 45% em 2021, mas bem abaixo da média pré-COVID-19 de três anos atrás que era de 73%. A intenção de viajar está abaixo do esperado e muito se deve ao aumento do custo de vida no País.

Publicidade
Soluções 1

O Índice de Confiança do Consumidor da GfK (empresa de índices e estudos de mercado) diminuiu quatro pontos em janeiro, mostrando a crescente preocupação da população. “Apesar de algumas boas notícias sobre a flexibilização das restrições do COVID-19, os consumidores estão claramente se preparando para o aumento da inflação e a perspectiva de aumento das taxas de juros”, disse Joe Staton, Diretor de estratégia de clientes da GfK. Não é só no Reino Unido que o aumento do custo de vida tem causado preocupação, a inflação tem aumentado em toda Europa e os consumidores talvez tenham que definir prioridades. O desafio para o setor de turismo, além da pandemia, é se manter atrativo para não se tornar uma despesa que será cortada do orçamento das pessoas ao longo do ano.

Publicidade
Anuncie conosco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA