Publicidade
Leceres

O que seria da hotelaria sem a presença ativa das mulheres?

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 3 minutos

Artigo de Mario Cezar Nogales* – Quando iniciei nesta carreira tão iluminada que é a hotelaria, não foi algo planejado, e assim como a maioria de minha época estava a procura de um emprego que me sustentasse, entrei pelo “chão de fábrica”, meu primeiro contato com o mundo hoteleiro foi através da equipe de segurança, era eu um deles, recém-saído do quartel, sem entender nada o que seria uma segurança de hotel, mas lá estava eu, de paletó e gravata cuidando da movimentação da recepção, por várias vezes os recepcionistas precisavam de meu auxilio em uma função que não era de segurança mas sim de tradutor, eu já era fluente em dois idiomas e em pouco tempo estava eu exercendo a função de recepcionista, este foi o início de minha carreira lá pelos idos de 1989.

Publicidade
Faitec

Vocês devem estar se perguntando: por que inicio este artigo com o início de minha carreira na hotelaria?  A resposta é simples, naquela época a maioria da equipe era composta por mulheres, dos seis recepcionistas, quatro eram mulheres, era a chefe de recepção, era a gerente da unidade, era a governanta e suas camareiras, homens; eram poucos, um assistente aqui, outro recepcionista ali, algum auxiliar ali e em sua grande maioria, garçons, maitres, cozinheiros.

O que seria da hotelaria sem a presença ativa das mulheres?

As mulheres conquistaram muito o espaço em várias áreas da hotelaria – Imagem – Divulgação

Publicidade
21 anos Revista Hotéis

Hoje me dizem que as pessoas de minha época são machistas, e eu gostaria de saber em qual realidade? Não sei a de vocês, mas para mim sempre foram as mulheres que dominaram, seja no âmbito profissional hoteleiro onde mulheres como a diretora que me deu oportunidade a “gerente de gerentes” como ela mesmo dizia, foi quem pegou na minha mão e me mostrou o caminho hoteleiro, como uma verdadeira mestre, exigia de mim o possível e o impossível, seja no âmbito familiar onde mulheres como minha mãe e minha esposa que ditaram e ditam meu caminho sempre exigindo de mim o possível e o impossível na retidão e na moral.

Não sei se a realidade de muitos seja fabricada ou a minha realidade seja diferente, mas fato é que na minha vida são a mulheres que nos mostram o caminho e que dão a direção, ficando nós homens os executivos das ações planejadas por elas nesta longa estrada. É então que me deparo com uma notícia de um parlamentar que se comporta como um simples irracional e colocando palavras que deturpam o que de fato são as mulheres, nossas diretoras e nossas planejadoras.

Publicidade
Soluções 1

Já deixei em muito de falar de política em meus artigos, apenas e tão somente quando as políticas atrapalham o andamento hoteleiro tenho aquele comichão de querer escrever algo mas já desisto, contudo o que ando vendo por ai são ações que querem excluir e retirar as mulheres do comando, vejo feministas querendo se nivelar por baixo ao quererem se igualar a homens, vejo políticos se aproveitando de homens e colocando-os como mulheres que eles desejam que sejam (como as daquele político enfadonho que foi àquele conflito europeu).

O que seria da hotelaria sem a presença ativa das mulheres?

A governança hoteleira é uma área predominantemente de mulheres – Foto – Divulgação

Tenho certeza que as mulheres continuarão dominando o planeta, tenho certeza que são as mulheres que prosseguirão dirigindo nossas ações e nós prosseguiremos a ser os executivos, afinal de contas, somos filhos delas e sempre seremos direcionado por elas. Se você ainda acha que está no controle, faça o seguinte: coloque o rabinho entre as pernas, pare e observe, elas nos colocam como se fossemos nós os diretores, quando na verdade são elas, pois trabalhamos para elas e tudo o que fazemos o fazemos por elas, fomos ao espaço por elas, vamos ao fundo do oceano por elas e por elas sempre nos colocaremos a disposição.

Publicidade
Harus 1

Parabéns mulheres pelo ano de 2022, pelo século XXI, pois não basta apenas um dia para celebrar a sua existência e sua racionalidade, sem vocês já estaríamos na quarta guerra mundial com paus e pedras!

Quer entender como melhorar sua hospitalidade?

*Mario Cezar Nogales é consultor especializado em hotelaria e conta com experiência no ramo desde 1989, sendo autor de sete livros técnicos em hotelaria, acesse: www.snhotelaria.com.br

Publicidade
APP da Revista Hoteis

Edgar J. Oliveira

Edgar J. Oliveira - Diretor editorial - Tenho 31 anos de formação em jornalismo e já trabalhei em grandes empresas nacionais em diferentes setores da comunicação como: rádio, assessoria de imprensa, agência de publicidade e já fui Editor chefe de várias mídias como: jornal de bairro, revista voltada a construção, a telecomunicações, concessões rodoviárias, logística e atualmente na hotelaria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image

CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA