TradeÚltimas Notícias

No mês de abril, turismo brasileiro faturou R$ 15,7 bilhões

Dados da FecomercioSP indicam que o segmento de transporte aéreo foi o que registrou maior faturamento no mês

A atividade turística brasileira continua registrando crescimento em 2024. No mês de abril, os segmentos ligados ao turismo registraram faturamento de R$ 15,7 bilhões, uma alta de 4,7% na comparação com o mesmo mês do ano passado. Os números foram divulgados na última quinta-feira, dia 4 de julho, pela FecomercioSP.

Publicidade
Clima ao Vivo

Segundo o levantamento, as empresas de transporte aéreo puxaram o crescimento do setor no quarto mês do ano, com um faturamento de R$ 3,73 bilhões, 3,7% maior do que o mesmo período de 2023. Ao comemorar os bons números, o Ministro do Turismo, Celso Sabino, ressalta que o governo federal tem trabalhado para ampliar a conectividade no País. “Estamos trabalhando, por meio do programa Conheça o Brasil: Voando, para que os nossos destinos contem com uma conectividade aérea cada vez maior e diversa, facilitando a chegada dos visitantes aos atrativos diversos do Brasil”, enfatizou.

Em termos de porcentagem, o setor de locação de meio de transportes foi o que mais cresceu em faturamento no quarto mês do ano, com o registro de R$ 2,2 bilhões, e alta de 11,9% em relação ao ano passado. O acumulado do ano já computa 12,3%.

Também tiveram altas importantes as atividades relacionadas ao alojamento (9,6%); alimentação (3,3%); atividades culturais, recreativas e esportivas (5,6%); agências, operadoras e outros serviços (5,4%) e os transportes aquaviários (5,1%).

No mês de abril, turismo brasileiro faturou R$ 15,7 bilhões
Ponte Rio Negro, no Estado do Amazonas – Governo do Estado do Amazonas.
Publicidade
Harus

O segmento rodoviário de passageiros registrou retração de 1,2% na comparação com 2023 e acumulando perda de 9,6%, nos quatro primeiros meses do ano. Segundo a FecomercioSP, esse desempenho está relacionado à base de comparação, já que, em 2022, o setor cresceu 30%.

Na avaliação regional, Amazonas e Espírito Santo foram os principais destaques do mês, com aumento de 13,9% e 13,4%, respectivamente. Na sequência vem o Maranhão, com alta de 12%, Sergipe, de 10,6% e Santa Catarina, com 9% de crescimento. Por outro lado, Tocantins, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul sofreram quedas de 10,2%, 5% e 2,9%, respectivamente.

Publicidade
Tramontina

João Bernardes

João Bernardes é Repórter da Revista Hotéis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA