Publicidade
Coronavirus

Meliá é nomeada como rede hoteleira mais sustentável do mundo

A Meliá Hotels International obteve a maior pontuação no setor de turismo global na mais recente Avaliação de Sustentabilidade Corporativa (CSA) do SAM, Agência Internacional de Investimentos Sustentáveis, tornando-se a rede de hotéis mais sustentável do mundo em 2019. Para Gabriel Escarrer, Vice-presidente e CEO do grupo, o título é marcante. “Essa notícia é, sem dúvida, o maior reconhecimento ao nosso modelo de gestão, em que a sustentabilidade e sua integração aos negócios se tornaram as principais características da Meliá, porque as empresas devem gerar um impacto positivo na sociedade e no planeta”, afirma.

Publicidade
Harus

A Avaliação de Sustentabilidade Corporativa (CSA) do SAM é anual das práticas de sustentabilidade de mais de 4.700 empresas em todos os setores, focada em critérios econômicos, sociais e ambientais, bem como em critérios específicos para cada setor. Em 2018, a Meliá obteve a terceira melhor pontuação do setor hoteleiro, recebendo o reconhecimento da Classe Prata no Anuário da Sustentabilidade da prestigiada SAM. Em 2019, a rede estabeleceu um novo recorde, obtendo a maior pontuação registrada até hoje: 83 pontos.

Como resultado dessa avaliação, a Meliá é confirmada como líder nas esferas econômica e social, tendo atingido 100 pontos (pontuação máxima) em critérios como: Estratégia Climática, Relatório de Assuntos Sociais, CRM (Gestão de Relacionamento com o Cliente), Estratégia Fiscal ou Materialidade. Além disso, obteve também a melhor nota em seu setor em critérios como Direitos Humanos, Treinamento e Desenvolvimento de Talentos, Cadeia de Suprimentos, Código de Ética, Gerenciamento de Riscos e Saúde e Segurança Ocupacional.

Publicidade
Gestão de riscos

Materiais como papel, óleo de cozinha e sucata metálica são enviados para a reciclagem e geram um valor que é revertido em melhorias para os colaboradores e na estrutura dos hotéis (Foto: Hans/ Pixabay)

Programa de reciclagem

Pensando em como minimizar o impacto ambiental gerado por cada hóspede, sete hotéis da capital paulista, administrados pela Meliá, desenvolveram um Programa de Reciclagem. Materiais como papel, óleo de cozinha e sucata metálica são devidamente enviados para a reciclagem e geram um valor que é revertido em pequenas melhorias para os colaboradores e na estrutura dos hotéis.

Publicidade
APP da Revista Hoteis

No ano passado, foram recicladas 5.538 toneladas de óleo de cozinha, 8% a mais que em 2018. Juntos, os hotéis somam uma economia de recursos naturais impactante, como a cerca de 500 árvores que não foram cortadas graças à reutilização de material.

Confira quanto cada unidade reciclou em 2019. Os números mostram a soma da reciclagem de materiais como papelão, papel misto, plásticos em geral, sucata metálica, latas de alumínio e embalagens de vidro:

– TRYP São Paulo Nações Unidas: 10.081 t;

– TRYP São Paulo Iguatemi: 12.852 t;

– TRYP São Paulo Tatuapé: 8.157 t;

– TRYP São Paulo Higienópolis: 10.400 t;

– TRYP São Paulo Jesuíno Arruda: 15.487 t;

– Meliá Paulista: 6.856 t;

– Meliá Jardim Europa: 26.752 t.

Publicidade
GRI Hotéis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image