HOME Matérias Trade Mapa do turismo brasileiro é reformulado para estruturar destinos

Mapa do turismo brasileiro é reformulado para estruturar destinos

33
0
SHARE

O Ministério do Turismo acaba de anunciar que o mapa do turismo brasileiro vai mudar. Ele está sendo redesenhado pelos 27 estados brasileiros de acordo com as novas diretrizes do Programa Nacional de Regionalização do Turismo. Cerca de 80% do mapa regional do país já está pronto, segundo Jun Yamamoto, Coordenador geral de Regionalização, e tem o objetivo de estruturar os destinos turísticos.

As novas diretrizes do programa priorizam a gestão descentralizada das regiões, investimentos em qualificação profissional e infraestrutura. O mapa da regionalização é uma ferramenta importante porque orienta a atuação de políticas e investimentos do MTur pelo país. Assim que o novo mapa for concluído, o MTur classificará o nível de desenvolvimento (que varia de 1 a 3) de cada uma das regiões turísticas e definirá as necessidades de investimento de cada localidade.

Uma prévia do novo mapa mostra que ele já tem 3.635 municípios cadastrados e 276 regiões turísticas. Os estados que ainda não entregaram têm até 18 de setembro para fazê-lo. O novo mapa trará além de regiões consagradas pelo turismo, apostas de roteiros que devem figurar nos próximos guias de viagem e atrair o turista nos próximos anos. “Ele nos dará uma visão objetiva do nível de desenvolvimento de cada região e servirá de parâmetro para nossas políticas públicas”, disse Jun Yamamoto.

Goiás criou uma nova região e passou a ter 10 regiões turísticas na nova versão. A antiga Região da Reserva de Bioesfera Goyas mudou de nome e passou a se chamar Região da Chapada dos Veadeiros. Também foram incluídos no mapa três municípios: Alexânia (Região do Ouro), Mambai (Região de Grutas e Cavernas) e Teresina de Goiás (Região da Chapada dos Veadeiros). O estado do Amazonas, no entanto, reduziu o número de municípios turísticos de 44 para 29. “Não significa que o turismo diminuiu, mas que as regiões foram reavaliadas”, afirma Jun.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image