Publicidade
Hotelplus

Mantiqueira paulista ganha plano de Rotas Cênicas

O Dia e horário dessa postagem está no final, assim como nome do autor. O tempo estimado de leitura é de 3 minutos

Representantes das Secretarias de Estado do Turismo, Logística e Transportes, Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo estiveram em São Bento do Sapucaí para a apresentação e formalização da entrega da proposta de planejamento das Rotas Cênicas da Mantiqueira. Elaborada pela Secretaria de Turismo, apresenta as sugestões das intervenções nas rodovias da região, visando torná-las mais atraentes: mirantes, paradouros, observatórios, passarelas elevadas (skywalks), pontos de informação e apoio aos turistas além de sugestões de serviços que podem vir a ser prestados pela iniciativa privada, com cafés e outros empreendimentos.

Publicidade
Equipotel 2021

 

Segundo o Secretário de Turismo de São Paulo, Vinicius Lummertz, “o objetivo é que as rodovias deixem de ser apenas um caminho até o destino para tornarem-se parte da experiência do viajante”. Até o final do ano, segundo Lummertz, o projeto será enriquecido pelas Rotas Gastronômicas. “Precisamos levar a chamada produção associada ao turismo. É revelar a produção das regiões agregando valor ao produto, inclusive a arte e o artesanato. Será aí que o pequeno empresário terá a oportunidade de vender o seu produto”, emenda ele.

As rotas cênicas fazem parte do projeto Rotas Turísticas, que visam incentivar as viagens pelo Estado e estão divididas em temas, como Gastronômicas, Peregrinas, Náuticas, Cicloturísticas e Cênicas. “A elaboração do masterplan foi baseado em experiências em diversas rotas cênicas do mundo como na Noruega, Alemanha e Nova Zelândia”, contou o diretor da empresa responsável pelo projeto, Ike Gevaerd.

Mantiqueira paulista ganha plano de Rotas Cênicas

O Secretário de Turismo do Estado de São Paulo, Vinicius Lummertz

Publicidade
Pikolin

A proposta da Secretaria de Turismo é concluir, em uma primeira fase, as propostas de rotas cênicas para quatro regiões do Estado: Vale do Ribeira, entregue em maio para a Secretaria de Logística e Transportes, Serra da Mantiqueira, e as duas próximas serão Circuito das Águas e Litoral Norte.

As quatro propostas para as Rotas Cênicas da Serra da Mantiqueira são:

Rota Vertentes da Serra

Passa pela parte inclinada da Serra da Mantiqueira. No trajeto sinuoso, é possível ver aclives e declives, curvas abertas e acentuadas, em cenários panorâmicos com mirantes naturais. Ao longo da rota o que não faltam são lindas paisagens, formadas pelo maior maciço montanhoso do Brasil, incluindo os grupos que formam os famosos picos da região, como o Pico Itapeva e o Pico Agudo, referências na prática de esportes aéreos como voo livre, paraglider e asa-delta. Cidades contempladas: Tremembé, Pindamonhangaba, Santo Antônio do Pinhal e Campos do Jordão.

Publicidade
Engie

Rota do Arvoredo

Este percurso assume a característica de lugarejos típicos da região serrana, emprestando ar bucólico, com túneis de árvores, curvas sinuosas – 670 curvas nos 78 quilômetros de extensão – e com cenários de pastagens nas áreas rurais. Esta rota atravessa o vale da cadeia montanhosa, com panorama completo da paisagem, permitindo visão do pé do morro até o topo, em união pacífica dos aglomerados urbanos e a imensidão da natureza. Cidades contempladas: Monteiro Lobato, Santo Antônio do Pinhal e Campos do Jordão.

Rota Campista

O trajeto se apresenta como um traçado rural, de paisagens abrangentes e variadas perspectivas da região. Simultaneamente, é uma rota de ecoturismo e aventura, abrangendo o campismo — na década de 1940 foi construído ali o primeiro abrigo de montanha do Brasil para acolher esportistas de escaladas e do montanhismo. A Rota Campista tem um dos maiores pontos turísticos da região, a Pedra do Baú – mirante com vista panorâmica de 360°, inclusive para a cadeia rochosa da região. A Pedra do Baú é considerada Monumento Natural Estadual, assim como outros picos montanhosos: a Pedra Chata, a Pedra Bauzinho e o Pico do Imibi. A bela estrada ainda exibe cachoeiras, mirantes e trilhas em meio à natureza exuberante. Cidades contempladas: Santo Antônio do Pinhal, São Bento do Sapucaí e Campos do Jordão.

Publicidade
Altenburg

Rota do Livro

Ganhou esse título por abrigar a fazenda que inspirou o Sítio do Pica Pau Amarelo e outros lugares relatados nos contos do escritor Monteiro Lobato, reconhecido como um dos mais importantes precursores da literatura infantil no Brasil. Esta rota tem o propósito de valorizar ainda mais a literatura de Monteiro Lobato, não apenas o seu trabalho para o público infantil, mas gerando a imersão de seus leitores em seus lugares de referência e em suas próprias vivências. Cidades contempladas: Monteiro Lobato e o distrito de São Francisco Xavier, que pertence a São José dos Campos.

Publicidade
Anuncie conosco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image
CLICK AQUI PARA ESCOLHER O IDIOMA DA LEITURA
error: ARQUIVO NÃO AUTORIZADO PARA IMPRESSÃO E CÓPIA