Publicidade
Coronavirus

Latam reduz operações em 95% em abril

LATAM Airlines Group S.A. e suas subsidiárias (“LATAM”) anunciaram a redução de suas operações em 95% durante o mês de abril de 2020, devido ao fechamento de fronteiras e à baixa demanda, causados pela pandemia do Coronavírus (COVID-19). As medidas serão avaliadas de forma contínua, com base nas restrições de viagem nos diferentes países, bem como na demanda.

Publicidade
GRI Hotéis

Operações de passageiros durante abril de 2020

Voos domésticos

  • No Brasil, a LATAM Airlines Brasil continuará voando para 39 destinos com frequências reduzidas, conectando com seus hubs (centros de conexão) em São Paulo (Guarulhos e Congonhas), Brasília e Fortaleza.
  • No Chile, o Grupo LATAM Airlines irá manter frequências reduzidas a 13 de seus 16 destinos domésticos, suspendendo temporariamente voos para Rapa Nui, Castro e Osorno.
  • As operações domésticas das subsidiárias da LATAM no Peru, Argentina, Colômbia e Equador permanecem suspensas devido às restrições governamentais dos países.
Publicidade
Schipper

Voos internacionais

  • O Grupo LATAM Airlines e a LATAM Airlines Brasil irão operar frequências limitadas respectivamente entre Santiago e São Paulo, de Santiago para Miami e Los Angeles, bem como voos de São Paulo para Miami e Nova York.

Operações de carga durante abril de 2020

A operação das subsidiárias da LATAM Cargo não foi limitada por fechamento de fronteiras e restrições de viagem. Para dar suporte às exportações e importações e o transporte de bens essenciais na América Latina, o Grupo LATAM Airlines está aumentando a capacidade (em toneladas por quilômetro disponível – ATK) em mais de 15% em sua frota cargueira. Isso inclui um aumento de 21 para 26 voos semanais entre a América do Sul e os Estados Unidos, uma ampliação de 20% em operações de carga entre a América do Sul e a Europa, bem como a operação de aeronaves de passageiros para voos exclusivamente de carga.

Publicidade
APP da Revista Hoteis

Novo CEO e mudança no Conselho Administrativo

Como já anunciado previamente, Roberto Alvo assumiu o papel de CEO do Grupo LATAM Airlines em 1º de abril. Alvo está na companhia há 19 anos, ocupando posições de liderança em áreas como: Negócio Internacional de Passageiros, Cargas, Frota, Desenvolvimento e Planejamento, Finanças e, mais recentemente, vice-presidente comercial. Alvo é engenheiro civil, formado pela Universidade Católica do Chile, e obteve MBA de IMD em Lausanne, Suíça.

Da mesma forma, o ex-CEO, Enrique Cueto, foi nomeado pelo Conselho Adminitrativo como novo membro do Conselho do Grupo LATAM Airlines, em substituição a Juan José Cueto, que efetivou sua renúncia em 1º de abril. Na próxima Assembleia Geral Ordinária de Acionistas, o novo Conselho Administrativo deverá ser eleito e renovado.

Publicidade
Gestão de riscos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image